Com a chegada do inverno, é fundamental adotar medidas preventivas para proteger a gripe em gatos. Essa doença respiratória é comum durante essa estação do ano e pode comprometer a saúde e o bem-estar dos felinos. No infográfico abaixo, você confere como os sintomas de gato gripado, o que fazer para prevenir a doença e outras dicas. Confira!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Infográfico sobre gripe em gatos

Dica 1) Manter as vacinas em dia evita a gripe em gatos

A vacinação é uma medida essencial para não deixar o gato gripado. Certifique-se de seguir o calendário de vacinação recomendado pelo médico veterinário. As vacinas específicas para a gripe felina fortalecem a imunidade do gato, reduzindo a probabilidade de contrair a doença ou minimizando seus sintomas. Não atrasar a administração das doses é crucial para garantir uma proteção adequada contra a gripe felina, especialmente no inverno, quando o risco de infecção é maior.

Dica 2) Gato gripado: incentive a hidratação para evitar a doença

Durante o inverno, a baixa umidade do ar pode ressecar as vias respiratórias dos felinos, tornando-os mais propensos a infecções respiratórias, incluindo a gripe em gatos. Para prevenir a desidratação e manter as mucosas saudáveis, é fundamental incentivar a hidratação do gato. Disponibilize água fresca e limpa em um recipiente de fácil acesso. Alguns gatos preferem beber água corrente, nesse caso, uma fonte de água para gatos pode ser uma boa opção. Além disso, considere incluir alimentos úmidos na dieta do felino, como sachês ou patês, que possuem alta concentração de água.

Dica 3) Aposte em rações de boa qualidade para fortalecer o sistema imunológico contra a gripe em gatos

Uma alimentação equilibrada e de qualidade desempenha um papel fundamental na manutenção da saúde animal. Opte por uma ração de gato que seja adequada às necessidades nutricionais do seu felino. Alimentos balanceados e ricos em nutrientes fortalecem o sistema imunológico, ajudando a prevenir infecções, incluindo a gripe em gatos. Consulte um veterinário para receber recomendações específicas para a alimentação do seu gato, considerando sua idade, raça e condições de saúde.

Dica 4) Deixar o gato com frio favorece a gripe

Os gatos são sensíveis às baixas temperaturas, portanto, é importante mantê-los aquecidos durante o inverno. O frio pode deixar seu gato gripado. Proporcione caminhas confortáveis e quentes para o seu gato descansar, evitando locais próximos a correntes de ar frio. Se necessário, considere o uso de cobertores ou mantas para proporcionar uma camada extra de isolamento térmico. Lembre-se de manter a temperatura da casa adequada para o conforto do seu gato. Evite deixar o ambiente muito frio, tampando as correntes de ar.  

Dica 5) Evite o contato do seu pet com um gato gripado

A gripe felina é altamente contagiosa entre os felinos. Durante o inverno, quando a incidência da doença é maior, é importante evitar o contato do seu gato com outros pets contaminados. Evite deixar o gato fazer saidinhas fora de casa sem supervisão. Caso você tenha mais de um gato em casa, monitore de perto qualquer sinal de doença em algum deles e separe-os para não deixar o outro gato gripado.

Se você suspeitar que seu gato possa estar com a gripe felina, entre em contato com um veterinário imediatamente. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para uma recuperação rápida e para evitar complicações.

Redação: Hyago Bandeira e Juliana Melo