O gato tricolor sempre chama atenção por onde passa. Sua aparência com três cores espalhadas em manchas desperta curiosidade de qualquer um. Existe um questionamento entre os gateiros, porém, que causa muita dúvida entre as pessoas: é verdade que todo gato tricolor é fêmea? Apesar da maioria realmente ser fêmea, existe uma exceção especial. O Patas da Casa te explica tudo sobre os gatos tricolores e esclarece de uma vez por todas se existe gatos tricolores machos!  

Qual raça de gato você é?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Quando um gato é considerado tricolor?

Um gato é considerado tricolor quando apresenta três cores de pelagem, sendo as mais comuns o preto, o laranja e o branco. Elas normalmente se misturam em formas de manchas que ficam espalhadas pelo corpo. Não existe nenhum padrão: cada gato tricolor tem manchas em formas diferentes.

Como é formado o padrão do gato tricolor?

Para entender o padrão do gato tricolor, é importante relembrar um pouquinho de genética. A pigmentação da pele e da cor dos pelos do gato é formada pela melanina, proteína que é dividida em eumelanina (responsável por cores escuras, como preto, marrom e castanho) e feomelanina (que contém os tons mais vermelhos e alaranjados). 

Quando há uma mistura dos tons, formam-se as pelagens de gato cinza, creme e dourado. Já o gato branco, por sua vez, ocorre pela combinação de três genes: gene da cor branca, gene da mancha branca e gene do gato albino. Nos gatos tricolores, o branco se manifesta porque o pet possui o gene da mancha branca.

Gato tricolor usando uma coleira

É verdade que todo gato tricolor é fêmea? 

Agora, temos que lembrar um outro conceito da genética. As cores têm relação direta com os cromossomos sexuais X e Y. Lembre-se: toda gata - tricolor ou não - apresenta disposição XX, enquanto todo gato macho é XY. Tanto a cor preta quanto a cor laranja ficam no cromossomo X. Os gatos tricolores costumam ter a combinação de pelagem preta, laranja e branca (que vem do gene à parte das manchas brancas). Ou seja: além do gene das manchas, é necessário ter o preto e o laranja para se tornar um gato tricolor. 

Como ambos ficam no cromossomo X, é preciso existir a dupla de cromossomos XX para ter essa dupla de cores. Portanto, é muito mais fácil encontrar uma gata tricolor. Isso também explica por que não tem gato macho de 3 cores - apesar de existir uma exceção que vamos explicar a seguir. 

Qual a probabilidade de um gato tricolor ser macho? 

A maioria dos gatos tricolores realmente são fêmeas por uma questão genética. Afinal, os machos possuem cromossomos XY, o que impossibilita a manifestação de duas cores que estão relacionadas ao gene X. Porém, não podemos afirmar que é verdade que todo gato tricolor é fêmea por causa de uma pequena exceção à regra. 

É possível existir um gato macho tricolor quando ele apresenta a Síndrome de Klinefelter. Trata-se de uma anomalia genética que faz com que o animal nasça com três genes: XXY. Como há o gene Y, esse bichano é um macho. Porém, apesar disso, também tem a dupla XX, o que permite que as cores preto e laranja se manifestem ao mesmo tempo. Por isso, nesse caso, podemos ter um gato macho tricolor. Trata-se de uma situação extremamente rara, mas que pode acontecer. Portanto, mesmo que seja bem difícil e que os gatos tricolor fêmea ainda sejam a maioria, pode sim existir gato tricolor macho.