close
Histórias reais

Dia dos pais: como é a vida e rotina de um pai de pet?

Atualizado · 06 de agosto de 2020 · 18h42

Publicado · 06/08/2020 · 18h42

Pai de pet também é pai e nós podemos provar!
Pai de pet também é pai e nós podemos provar!

Afinal, será que pai de pet também pode ser considerado pai? Muita gente implica com o termo, mas a verdade é que existe sim um laço paterno entre os tutores e seus “filhos” de quatro patas. Assim como qualquer bom pai, o pai de pet também tem uma série de responsabilidades com seu bichinho e, geralmente, não poupa esforços para vê-lo feliz, saudável e bem. O sentimento que se cria dentro de um pai de cachorro ou gato é tão forte que, sim, podemos dizer que o peso da palavra “pai” faz todo o sentido quando falamos disso.

Com o dia dos pais se aproximando, o Patas da Casa foi atrás de algumas histórias reais com cachorro e gato para inspirar e entender um pouquinho de como é essa rotina de homens que compartilham todo o amor com seus bichinhos. 

Pai de pet: o Augusto adotou uma gatinha recentemente e já se sente pai

Uma vontade que o Augusto César Rodrigues sempre teve foi justamente de adotar um bichinho, mas nunca encontrou o “momento certo” para isso, até que dois meses atrás uma gata preta (já quase adulta) foi abandonada na frente da casa de sua sogra. “Não teve jeito: senti no coração que era ela. A vizinha cuidou dela por uma semana, enquanto eu comprava as coisas necessárias e telava o apartamento”, lembra. Depois de adequar o ambiente para receber a nova moradora, Augusto levou Lilith para casa, que teve uma adaptação bem tranquila. “No primeiro dia ela já se acostumou com a gente, sendo muito carinhosa e fofa, parecia até que estava agradecida por ter sido adotada. No segundo dia ela já estava completamente em casa, confortável em todos os lugares”.

Para o tutor, o termo “pai de pet” é totalmente justo, porque é assim que ele se sente com a nova experiência. “Quase nunca consigo chamar ela pelo nome, geralmente só chamo de filha! Tem sido incrível”, conta. Além disso, Augusto acredita que é pura lenda que os gatos não são animais carinhosos, já que Lilith distribui carinho o tempo todo e não gosta de ficar sozinha. “Fez e faz muito bem pra aura da casa, pra energia familiar. É como se fosse mais um foco de carinho e amor, que podemos oferecer e receber, e isso alimenta a alma de um jeito que só quem é pai de pet vai entender”.

Para quem sempre sonhou em ter um bichano para chamar de seu, Augusto dá a dica: “Uma boa dose de fofura não faz mal a ninguém – principalmente acompanhada de tantas outras coisas boas que vão vir dessa experiência. Vão aprender coisas novas e exercitar um lado seu que talvez você nem soubesse que podia ter. Sem dúvidas vai fazer um bem imenso pra você e para toda sua família”.

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Novo pai de pet, o Augusto está todo bobo e feliz com a Lilith
    Novo pai de pet, o Augusto está todo bobo e feliz com a Lilith
    Pai de cachorro também é pai! Olha o Douglas com seus dois filhos, Haku (esquerda) e Aslan (direita)
    Pai de cachorro também é pai! Olha o Douglas com seus dois filhos, Haku (esquerda) e Aslan (direita)
    Cheio de saudade da Zelda, o pai de pet Pedro Arantes não vê a hora de encontrá-la de novo!
    Cheio de saudade da Zelda, o pai de pet Pedro Arantes não vê a hora de encontrá-la de novo!
    Novo pai de pet, o Augusto está todo bobo e feliz com a Lilith
    Pai de cachorro também é pai! Olha o Douglas com seus dois filhos, Haku (esquerda) e Aslan (direita)
    Cheio de saudade da Zelda, o pai de pet Pedro Arantes não vê a hora de encontrá-la de novo!

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    A maioria das pessoas acha quase impossível descobrir o sexo do gato filhote. De fato, diferenciar o órgão genital do gato macho e gato fêmea nos primeiros meses de vida não é fácil. Mas descobrir esse "detalhe" é importante antes de levar um filhotinho pra casa. Não parece, mas é muito normal achar que adotou um gato fêmea e descobrir, depois, que se trata de um gato macho. !

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 200 opções para você nomear a sua cadela
    Adote um animal

    Nomes de cachorro fêmea: listamos 200 opções para você nomear a sua cadela

    Dar as boas vindas a um pet em casa é ótimo, mas escolher nomes para cachorrinhas pode ser uma tarefa bem desafiadora. São tantas opções que achar um único apelido pode ser complicado. Quando se trata de nome para cachorra fêmea pequena, é comum que os nomes mais fofos e meigos sejam os preferidos entre os tutores. Você pode ir dos mais comuns exemplos de nome de cachorro - Meg ou Belinha - , apostar em um mais excêntrico - Faísca ou Medusa - ou tentar um mais engraçado.

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 25 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 25 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães. O cachorro Yorkshire é ideal para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. A raça Yorkshire é reconhecida de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. 

    Pai de cachorro: Douglas é puro amor com seus dois bichinhos

    A história do Douglas Guedes é um pouco diferente: ele teve experiência com cachorros durante toda a vida, mas era sempre o bichinho “da família”, e nunca o dele próprio. “Quando comecei a namorar Lucas, ele sempre falava com muito peso que nunca teve um dog. Eu achava estranho, porque é tão gostoso ter um pet. Então, com 6 meses mais ou menos de namoro adotei o Aslan, um Chow-Chow, e dei de presente para nós. Ele é nosso filho”, conta. E não para por aí: Aslan foi o primeiro cachorro do casal, e já está há cerca de 6 anos com eles, mas durante esse período, Douglas e Lucas decidiram adotar um outro cãozinho: Haku, um Samoieda que já está há 2 anos com eles. “Eles são cachorros muito diferentes. Aslan é muito tranquilo, mas desobediente. Se deixar dorme o dia todo. Já o Haku é agitado, quer brincar toda hora e vive perturbando o Aslan, porém é super obediente”.

    Os dois cães foram encontrados com alguns probleminhas de saúde, mas hoje são super saudáveis e recebem todos os cuidados necessários do casal. Como um bom pai de cachorro, tanto o Douglas quanto o Lucas fazem de tudo pelos seus cãezinhos! “A melhor parte é ter a companhia desses doguinhos. É uma troca, sabe?  As histórias que temos com eles são ótimas, e não vejo a nossa vida sem tudo que já passamos com eles. É um desafio ter dois cachorros, mas um desafio gostoso”.

    Então, pai de cachorro também é pai sim! E para Douglas, essa é uma experiência que vale totalmente a pena. “Acho que ser pai de pet é ter responsabilidade com a vida dos seus animais, afinal não é nada barato e a adoção precisa ser consciente. Mas eles trazem uma energia tão gostosa pra vida que é difícil de descrever”.

    Veja algumas fotos de pais de pet super orgulhosos de seus cães e gatos!

    A Brisa ganhou um novo lar esse ano e é super mimada pelo seu pai, Luiz
    A Brisa ganhou um novo lar esse ano e é super mimada pelo seu pai, Luiz
    O Adão e a Nala parecem até modelos!
    O Adão e a Nala parecem até modelos!
    A Kyara é super apegada no seu pai, Walace. É só amor!
    A Kyara é super apegada no seu pai, Walace. É só amor!
    O Pedro virou pai de pet recentemente e o Francisco está super feliz com o novo lar!
    O Pedro virou pai de pet recentemente e o Francisco está super feliz com o novo lar!
    O Rogério já é pai de pet há anos e cuida muito bem do Thor
    O Rogério já é pai de pet há anos e cuida muito bem do Thor
    A Luna também adora ficar bem juntinho do seu pai, o Gerhard
    A Luna também adora ficar bem juntinho do seu pai, o Gerhard
    O Fabrício é pai do Bento e de uma linda gatinha
    O Fabrício é pai do Bento e de uma linda gatinha
    O Lucas é pai de pet ao triplo: Frida (a peludinha), Ziggy (preto grandão) e Caetano (marrom)
    O Lucas é pai de pet ao triplo: Frida (a peludinha), Ziggy (preto grandão) e Caetano (marrom)
    O Lucio (humano) e o Bob (doguinho) são parceiros de vida!
    O Lucio (humano) e o Bob (doguinho) são parceiros de vida!
    O Vinícius é um verdadeiro pai de pet e o Thor é a prova disso!
    O Vinícius é um verdadeiro pai de pet e o Thor é a prova disso!
    O Thor também tem uma irmãzinha, a Tina!
    O Thor também tem uma irmãzinha, a Tina!
    Pai de cachorro: o Rafael e o Klaus são melhores amigos também
    Pai de cachorro: o Rafael e o Klaus são melhores amigos também
    A Ricotinha, gata do Saulo, ama ficar agarradinha com ele
    A Ricotinha, gata do Saulo, ama ficar agarradinha com ele
    O Matheus ama passar um tempo com a sua gatinha Berenice
    O Matheus ama passar um tempo com a sua gatinha Berenice
    Pai de cachorro: o Rodrigo é apaixonado pelo seu cãozinho Didico
    Pai de cachorro: o Rodrigo é apaixonado pelo seu cãozinho Didico
    A Brisa ganhou um novo lar esse ano e é super mimada pelo seu pai, Luiz
    O Adão e a Nala parecem até modelos!
    A Kyara é super apegada no seu pai, Walace. É só amor!
    O Pedro virou pai de pet recentemente e o Francisco está super feliz com o novo lar!
    O Rogério já é pai de pet há anos e cuida muito bem do Thor
    A Luna também adora ficar bem juntinho do seu pai, o Gerhard
    O Fabrício é pai do Bento e de uma linda gatinha
    O Lucas é pai de pet ao triplo: Frida (a peludinha), Ziggy (preto grandão) e Caetano (marrom)
    O Lucio (humano) e o Bob (doguinho) são parceiros de vida!
    O Vinícius é um verdadeiro pai de pet e o Thor é a prova disso!
    O Thor também tem uma irmãzinha, a Tina!
    Pai de cachorro: o Rafael e o Klaus são melhores amigos também
    A Ricotinha, gata do Saulo, ama ficar agarradinha com ele
    O Matheus ama passar um tempo com a sua gatinha Berenice
    Pai de cachorro: o Rodrigo é apaixonado pelo seu cãozinho Didico

    O Pedro também é pai de pet, mas precisou ficar longe da sua “filha”

    Assim como Douglas, o Pedro Arantes também sempre esteve em contato com bichinhos porque cresceu em um sítio no interior do Rio de Janeiro. Quando se mudou para a capital, a falta de ter um amigo de quatro patas foi inevitável. Por acaso, uma amiga de Pedro resgatou a gatinha que seria a futura companheira dele: “Assim que vi a Zelda para adoção, adotei na primeira chance que eu tive”.

    Não dá para resistir quando é amor à primeira vista, né? A rotina dos dois, inclusive, era bem tranquila: “Acordava de manhã, fazia o café e já trocava a caixa de areia, comida e água dela. Quando sentava para tomar o café, ela sempre ficava por perto. Na verdade, sempre que eu tava em casa ela ficava bem grudadinha comigo, e até dormia no meio das minhas pernas”.

    Mas no último ano, Pedro precisou se mudar para São Paulo por causa do trabalho e não pode levar sua filha junto. Antes da quarentena, ele ia ao Rio pelo menos uma vez por mês para vê-la e ficar um pouquinho junto dela, mas agora já tem um tempinho que ele não a encontra. “Essa foi a parte mais difícil da mudança, com certeza. Sinto saudade dela”. Ainda assim, o tutor se sente um verdadeiro pai de pet e acredita que nada paga o carinho e a gratidão que um bichinho adotado tem por estar com seu humano. 

    Redação: Juliana Melo

    O que é pedigree de cachorro?

    Próxima matéria

    O que é pedigree de cachorro?

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Passeio

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Vacinação de cachorro: pode passear com o pet no mesmo dia? Entenda os cuidados!
    Vacina

    Vacinação de cachorro: pode passear com o pet no mesmo dia? Entenda os cuidados!

    Todo pai ou mãe de pet quer ver seu cãozinho saudável e a vacina de cachorro é a principal forma de manter seu animal de estimação protegido de várias doenças bem graves. O dia da vacinação de cachorro é muito especial, pois significa que seu pet ficará livre para sair de casa sem risco de contrair as doenças mais comuns. Mas afinal, quanto tempo depois da vacina pode passear com o cachorro? É preciso esperar ou já pode sair no mesmo dia? O protocolo é o mesmo no caso de filhotes e adultos? 

    Ver Todas >

    Preço das raças de cachorro mais populares
    Adote um animal

    Preço das raças de cachorro mais populares

    Receber um novo pet em casa é algo que precisa de muito planejamento e quando falamos de cachorros de raça, a preparação financeira precisa ser ainda maior. Para adquirir um filhote de raça pura com pedigree é necessário desembolsar um certo valor na compra. No dia a dia, são mais gastos ainda com alimentação, acessórios, brinquedos e cuidados veterinários. Mas você já se perguntou quanto custa um Shih Tzu ou quanto custa um Pinscher e outras raças famosas no Brasil? 

    São Bernardo: saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Adote um animal

    São Bernardo: saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    O São Bernardo é o típico cachorro gigante com um coração maior ainda! Com corpo bem musculoso e peludo, a raça São Bernardo também é conhecida pela personalidade dócil e extremamente carinhosa. Além disso, o que não faltam são habilidades peculiares em um São Bernardo. Cachorro da raça pode atuar como cão de guarda e farejador ou servir como babá para crianças! 

    Conheça o Toyger, raça de gato que se parece com um tigre
    Adote um animal

    Conheça o Toyger, raça de gato que se parece com um tigre

    O Toyger é um gato híbrido que não é tão conhecido como outras raças, mas que chama a atenção principalmente por conta da sua aparência, que lembra um tigre. O que poucas pessoas sabem é que o processo de criação do Toyger foi totalmente proposital, e não por “acaso” como acontece com outras raças híbridas. Considerado um dos animais domésticos mais recentes, o Toyger é muito carinhoso, inteligente e cheio de energia!

    Gato híbrido: o que é e quais suas características?
    Adote um animal

    Gato híbrido: o que é e quais suas características?

    Já ouviu falar em gato híbrido? O termo muitas vezes é usado para descrever o cruzamento de gato “do mato” com gato doméstico. O que poucas pessoas sabem é que existem algumas raças bem conhecidas que derivam justamente desse tipo de cruzamento, resultando em uma espécie de gato “selvagem” doméstico, como é o caso do gato Bengal. Apesar de ter uma aparência que lembra os gatos que nós conhecemos, esses felinos costumam ter um comportamento movido principalmente pelos seus instintos.

    Ver Todas >