Gato

Dermatofitose em gatos: entenda mais sobre essa zoonose que é bastante contagiosa

Publicado - 10 Fevereiro 2020 - 17h08

Atualizado - 23 Abril 2024 - 20h43

Mesmo que algumas vezes não seja identificada, a dermatofitose em gatos é uma doença de pele muito comum entre os felinos. Ela é altamente contagiosa e pode ser transmitida para os humanos — no nosso organismo, inclusive, os sintomas são mais claros do que neles. Pela micose de gato em humano ser algo, no mínimo, incômodo para as duas partes do processo, é bom que você sempre fique atento com a possibilidade do seu gato pegar a dermatofitose (já que os felinos são os principais vetores da doença). Para esclarecer dúvidas e falar sobre o assunto, nós conversamos com a Luciana Capirazzo, veterinária especializada em felinos do Hospital Vet Popular. Veja, aqui embaixo, o que ela nos contou! 

Dermatofitose em gatos: o que é e como age no corpo do animal? 

“A dermatofitose é uma infecção fúngica que afeta diretamente a pele, as unhas e os pelos do animal”, conta Luciana. Ou seja: o fungo causador dessa doença atinge, principalmente, as áreas do corpo do felino que têm queratina. Ela continua: “os sintomas/sinais clínicos da dermatofitose em gatos são coceira (que também pode ser manifestada pela lambedura excessiva), perda de pelos na região afetada e pele avermelhada e irritada”. Se o seu gato tem muitos pelos e não apresentar todos os sintomas (a alopecia, por exemplo), talvez você nem repare que ele está infectado. Vale a pena, nesses casos, examinar o estado da pele dele uma vez por semana em busca de sinais da dermatofitose e de outras doenças.

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Gato cinza se lambendo
A micose em gato causa lambedura em excesso: fique atento!

 

A transmissão e a prevenção da dermatofitose em gatos

Assim como outros tipos de micose de gato e doenças de pele, a infecção da dermatofitose é muito ligada a ambientes com pouca higiene. “O gato pega a dermatofitose por meio do contato com a forma infectante do fungo que pode ser encontrado em vários locais, como plantas, terra e grama. A transmissão também pode acontecer depois do contato com panos, caixas de areia e brinquedos que tenham sido usados por animais infectados”, explica Luciana. 

Por isso, a prevenção começa em limitar o acesso do seu gato a locais desconhecidos, onde ele pode ter contato com o fungo da dermatofitose no ambiente ou em outros animais. Além disso, existem outros truques, como conta a veterinária: “deve ser feita a higienização correta dos ambientes onde o animal mais permanece. Além disso, ele sempre deve ser escovado e, em alguns casos, o uso de um shampoo antifúngico e o corte dos pelos são recomendados”. 

Micose de gato: como é feito o tratamento da dermatofitose?

A ida ao veterinário para que o animal seja examinado e devidamente diagnosticado é essencial no caso da dermatofitose em gatos, porque a partir desse primeiro contato o profissional vai determinar o melhor tratamento para o gatinho. Luciana nos contou que o tratamento pode ser associado a terapias tópicas ou sistêmicas indicadas pelo veterinário, ou seja: por meio de pomadas, shampoos e sabonetes ou medicamentos específicos que tratam a área atingida de dentro para fora. 

Enquanto o tratamento estiver acontecendo, todo cuidado para evitar que seu amigo contamine outros gatos e pessoas deve existir: “a higiene deve ser redobrada ao manusear o animal: em seguida, deve-se lavar bem as mãos e caminhas. Os cobertores, toalhas e roupas e cama devem ser trocados com mais frequência e o ambiente higienizado com produtos específicos”, finaliza a profissional. 

Redação: Ariel Cristina Borges
 

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

O Chow Chow é perigoso e hostil? Saiba o que é mito e o que é verdade sobre a personalidade da raça de cachorro

O Chow Chow é um cachorro de porte médio, super peludo e conhecido por ter a língua azul. A raça, de origem chinesa, conquista muito...

Adote um animal

Os nomes para gatos fêmeas mais famosos do momento: 100 dicas para escolher como chamar seu novo pet em 2024

Existem muitas opções de nomes para gatos fêmeas para escolher depois da adoção.  A inspiração para nomes de gatos pode vir de ...

Ver todas