Cachorro

Como o cachorro pega raiva? Entenda de uma vez por todas como é a transmissão da doença!

Publicado - 03 Junho 2020 - 11h35

Atualizado - 28 Abril 2024 - 22h49

A raiva canina é uma das doenças mais conhecidas e graves que pode atingir os cães. Embora esteja praticamente erradicada nos centros urbanos, toda atenção é pouca, já que pode causar danos irreversíveis no animal. Causada por um vírus, a raiva é um zoonose pode ser facilmente transmitida de um cachorro para outro e para humanos. Mas afinal, como saber se o cachorro tem raiva? Quais são os sintomas da doença? E, principalmente, como cachorro pega raiva e o que fazer para prevenir isso? Para esclarecer todas essas questões, preparamos uma matéria com as principais informações sobre a raiva canina. Veja a seguir!

Afinal, como se transmite raiva canina?

É preciso ficar atento com as formas de contágio da raiva canina, já que, uma vez que o cãozinho foi infectado, não é possível tratar nem curar a doença. A transmissão, por sua vez, pode ocorrer de diferentes maneiras, e é preciso ter em mente que o cachorro não é o único portador da doença - vários animais podem ter raiva, como gatos, morcegos e até lobos.

Para entender como o cachorro pega raiva, você deve saber que o vírus fica instalado principalmente na saliva do animal. Por isso, uma das maneiras mais comuns de um cãozinho pegar raiva canina é com a mordida de um cachorro - ou outro bicho - infectado. Nas zonas rurais, o morcego costuma ser o principal transmissor da doença, mas também há outros animais silvestres que podem propagar a raiva.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Além disso, outro possível cenário para a transmissão da doença é quando o cãozinho tem contato com o animal infectado de maneira mais “indireta". Isto é, às vezes o cachorro pode ingerir ou lamber um objeto que foi contaminado e acaba contraindo raiva. Outra forma de transmissão da raiva canina é quando o cãozinho tem alguma ferida aberta espalhada pelo corpo e essa ferida entra em contato com o sangue ou a saliva do cachorro infectado. Inclusive, vale destacar que o contágio também pode acontecer com o contato dos orifícios do animal com esses fluidos.

 

Detalhe de cachorro com boca aberta e língua para fora com excesso de saliva caindo para fora

 

Como saber se o cachorro tem raiva? Saiba identificar os sintomas de raiva canina

Identificar se um cachorro tem raiva não é tão difícil quanto parece, já que uma das principais características dos animais infectados é a mudança de comportamento que eles apresentam. Isto é, cachorros que antes eram alegres e afetuosos podem se tornar mais agressivos, e o contrário também pode acontecer. Além disso, os cãezinhos também podem sofrer com problemas como estresse e ansiedade durante esse período. A febre também é um dos sintomas que podem ser percebidos na primeira fase da doença. Outros sintomas da raiva canina também são:

- Paralisia motora

- Espasmos

- Salivação excessiva

- Dificuldade para respirar e/ou engolir

- Alucinações

Sintomas da raiva canina se manifestam progressivamente

É preciso entender uma coisa: depois de infectado, a raiva canina vai se desenvolver de forma progressiva e existem vários estágios da patologia que devem ser observados. Geralmente, na fase inicial após o contágio, o animal apresenta quadros de febre, mal-estar e pode até ter alguns episódios de vômitos. Na fase posterior, quando ocorre a inflamação do sistema nervoso central do cachorro, chamada de encefalite, o cãozinho passa a apresentar os demais sintomas, como paralisia muscular, salivação excessiva, dificuldade para respirar e engolir,. É também nessa fase que o animal pode apresentar algumas alucinações. Depois disso, com o diagnóstico confirmado da encefalite, o cãozinho pode falecer em poucos dias.

Vacina contra raiva é o método mais seguro de garantir a proteção do cachorro

Para evitar qualquer possibilidade do animal contrair raiva canina, a alternativa mais indicada e segura é a vacinação contra a doença. A vacina de cachorro deve ser dada no cãozinho após ele completar quatro meses de vida e, depois disso, anualmente. Se você adotou um cachorro adulto ou idoso e não sabe o histórico de imunização dele, é super importante levá-lo a um veterinário para tomar todas as vacinas necessárias e ficar protegido.

Redação: Juliana Melo

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Adote um animal

Cane Corso filhote: o que esperar do cãozinho de porte gigante?

O Cane Corso filhote é um cachorro cheio de energia e que precisa de muita atenção, especialmente nos dois primeiros anos de vida. A...

Adote um animal

Mulher compra "Lulu da Pomerânia" e toma um susto quando o pet cresce mais que o esperado

O Lulu da Pomerânia chama atenção por sua pelagem exuberante e personalidade simpática. Geralmente, cães dessa raça pesam até 3,5 kg...

Cuidados

Da tentativa de afogar banhista a carinho de estranhos: Golden vai à praia e tutor lista tudo que cachorro aprontou

O Golden Retriever é uma raça de cachorro conhecida pela energia inesgotável e pela enorme paixão por água, características que torn...

Comportamento

Cachorro "rouba" objeto pessoal de idosa e protagoniza uma das cenas mais engraçadas da internet

Um cachorro preto “ladrãozinho” protagonizou uma cena hilária que viralizou nas redes sociais.  Com quase 740 mil curtidas no T...

Gato

Gato fofoqueiro acorda todo dia de madrugada por um motivo especial

Gatos são super observadores e estão sempre atentos a tudo. Além disso, para quem pensa que não, os bichanos podem, sim, ser bem com...

Ver todas