close
Cuidados

Como manter seu gato seguro perto da árvore de Natal?

Gatos e árvores de Natal: saiba como proteger os enfeites e o seu amigo de quatro patas
Gatos e árvores de Natal: saiba como proteger os enfeites e o seu amigo de quatro patas

Com as festas de fim de ano se aproximando, é praticamente impossível não pensar nas árvores de Natal, que são um símbolo dessa época. Mas e quem tem um gatinho em casa? Como se preparar para esses dias festivos? Como todos sabem, gatos e árvores de Natal não são exatamente a melhor combinação do mundo. Os felinos, inclusive, são experts em destruir os acessórios natalinos, e o que não faltam são vídeos na internet mostrando isso. Então, qual é a melhor forma de manter os gatos e árvores de Natal seguros? Separamos algumas dicas que podem te ajudar nessa missão. Veja a seguir!

Gatos e árvores de Natal: por que os bichanos se sentem instigados a derrubá-las?

Enfeites, bolinhas e várias luzes piscando: tem algo mais atrativo para os gatos que uma árvore de Natal? Não tem. Diferente dos cachorros, os felinos ainda são bastante movidos pelos seus instintos naturais de predador e, por isso, eles simplesmente adoram correr atrás de qualquer coisa que se mexa na tentativa de capturá-la. Com tantos acessórios pendurados na árvore de Natal, os gatos não conseguem resistir à tentação de explorar esse novo “ambiente”. É por isso que cabe ao tutor saber como garantir a segurança do pet perto da árvore, evitando que aconteçam acidentes ou que os enfeites natalinos sejam completamente destruídos.

Árvore de Natal natural ou artificial? Veja qual é a melhor opção para quem tem gatos em casa

No Brasil, o mais comum é optar por árvores de Natal artificiais, mas para quem prefere plantas naturais, também é possível encontrar um pinheiro de verdade para trazer para dentro de casa. No entanto, não se recomenda essa última opção se você tiver um bichano por um simples motivo: os pinheiros não são considerados plantas seguras para gatos. Como os espinhos dessa árvore são bastante afiados, os animais podem acabar se machucando ao se aproximarem dela. Além disso, as folhas de algumas espécies são tóxicas e não devem ser mastigadas em hipótese nenhuma. Dessa forma, a melhor opção para quem tem gatos em casa é a árvore de Natal artificial, que não oferece nenhum risco para a saúde e bem-estar do animal.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Quando o assunto é árvore de Natal e gatos, é importante seguir algumas recomendações
    Quando o assunto é árvore de Natal e gatos, é importante seguir algumas recomendações

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Árvore de Natal e gatos: 4 dicas para ajudar a manter a segurança do felino e dos enfeites

    1) A base da árvore de Natal deve ser firme

    Essa é a melhor forma de garantir que, mesmo que ela sofra algum impacto, não vai cair com facilidade. Um dos maiores problemas que ocorrem entre uma árvore de Natal e gatos é que os felinos adoram atacá-las e, consequentemente, derrubá-las. Para evitar que isso aconteça, o tutor deve ter um cuidado especial com a base, que deve ser bem firme. No caso de uma árvore com o suporte mais fraco, vale a pena cercar a base com papel alumínio para afastar os gatos ou fita crepe para alcançar a firmeza desejada e evitar que o seu amigo de quatro patas a derrube.

    2) Na hora de decorar a árvore de Natal, evite fazer isso na frente do gato

    O que mais atrai os gatos na árvore de Natal são, definitivamente, os enfeites, que são vistos como “presas” no universo felino. Logo, na hora de montar a árvore, o ideal é não fazer isso na frente do seu amigo. Ele pode confundir esse momento com uma brincadeira, e vai acabar atrapalhando o processo enquanto tenta agarrar os enfeites que estão pendurados na árvore. Além disso, outra boa dica é fazer isso de forma gradativa para observar o comportamento do gatinho. Nos primeiros dias, deixe a árvore sem nenhuma decoração. Aos poucos, coloque umas bolinhas, guirlandas e outros enfeites até que a árvore esteja completamente pronta.

    3) Escolha enfeites que sejam menos atrativos para os felinos

    É claro que todo mundo adora uma árvore de Natal bem enfeitada e bonita para celebrar as festividades de fim de ano. Mas se você tem um gatinho em casa, é bom optar por materiais que sejam mais discretos, ou a tentação do seu amigo vai ser muito maior. Enfeites foscos e menos brilhantes, por exemplo, são uma boa escolha, assim como feltro, papel e decorações mais simples. Por outro lado, materiais como o ouropel ou acessórios que balançam muito na árvore devem ser evitados.

    4) Não esqueça de esconder os fios do pisca-pisca

    Quem tem um gatinho sabe bem como esses animais são extremamente curiosos e dificilmente resistem à tentação de mexer com qualquer tipo de fio. Por isso, ao montar a árvore de Natal, o ideal é garantir que os fios do pisca-pisca estejam bem escondidos para evitar que o felino alcance a fonte de energia ou a tomada da casa. Então, nada de deixá-los pendurados próximo da árvore ou totalmente à vista. Uma boa dica para proteger as luzes piscantes é passar uma fita isolante nos fios que vão ser conectados na tomada.

    Redação: Juliana Melo

    Como escolher caixa de transporte para gatos de acordo com o tamanho do pet?

    Próxima matéria

    Como escolher caixa de transporte para gatos de acordo com o tamanho do pet?

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Ver Todas >

    Creme dental para cachorro: o que levar em conta na hora de escolher a melhor para o seu pet?
    Cuidados dos animais

    Creme dental para cachorro: o que levar em conta na hora de escolher a melhor para o seu pet?

    Um produto que é essencial para cuidar da saúde bucal dos nossos pets é o creme dental para cachorro. Sim, os cães também podem sofrer com problemas bem desagradáveis, como o tártaro e o mau hálito. Por isso, um cuidado indispensável é escovar os dentes do cachorro regularmente. Mas como fazer isso da forma correta? Para começar, é necessário escolher um bom creme dental canino, já que os cães não podem utilizar as pastas de dente humanas por várias questões. 

    Banheiro de gato: 8 coisas que você precisa saber sobre a caixa de areia do seu bichano
    Cuidados dos animais

    Banheiro de gato: 8 coisas que você precisa saber sobre a caixa de areia do seu bichano

    Todo mundo sabe da importância do banheiro de gato, mas você já parou para se perguntar quantas vezes gato vai ao banheiro? Ou com que frequência é necessário limpar a caixa de areia para gatos? Essas são questões que certamente já passaram pela cabeça de todo gateiro. No entanto, além de ser uma questão de higiene, o tutor também deve prestar atenção em várias outras coisas.

    Coleira de cachorro com nome: 4 motivos para não deixar a coleira com identificação do seu pet de lado
    Cuidados dos animais

    Coleira de cachorro com nome: 4 motivos para não deixar a coleira com identificação do seu pet de lado

    A coleira com identificação para cães é um cuidado importante que muitos tutores deixam de lado. Esse acessório permite que o animal seja encontrado com mais facilidade caso ele se perca. O indicado é que a coleira com identificação para cachorro contenha, além do nome do animal, o telefone dos tutores, endereço e informações médicas ou de comportamento. Dessa forma, se alguém encontrar o pet será mais fácil de levar o cachorrinho de volta para casa.o.

    Mochila de cachorro: para quais pets o acessório é indicado e como usar?
    Cuidados dos animais

    Mochila de cachorro: para quais pets o acessório é indicado e como usar?

    Já ouviu falar na mochila de cachorro? Esse é um acessório que pode ser bem útil em algumas situações do dia a dia, especialmente quando você tem algum compromisso com o cãozinho fora de casa. Existem dois tipos de mochila para cães: aquela que o tutor coloca nas costas para acomodar o pet dentro, e outra que é feita para uso exclusivo do animal. Mas será que todos os cães podem usufruir de ambos os modelos?

    Ver Todas >