Cuidados

Como fazer um suporte de comedouro e bebedouro para gatos?

Bebedouro e comedouro para gatos: é super fácil fazer um suporte para os potinhos do bichano!
Bebedouro e comedouro para gatos: é super fácil fazer um suporte para os potinhos do bichano!

O comedouro e o bebedouro para gatos são itens que fazem toda a diferença na rotina de um felino. Super higiênicos e exigentes com alimentação, os gatinhos apreciam potinhos de qualidade e no tamanho adequado. Mas você sabia que existe uma altura ideal para colocar os potes de ração e água dos bichanos? Na hora da refeição, a inclinação do pescoço para baixo pode causar alguns problemas à saúde do animal, como refluxo e vômitos. Por isso, o ideal é não usar o pote apoiado diretamente no chão e investir em um suporte de comedouro e bebedouro. Você pode comprar um pronto ou mesmo fazer o acessório em casa, e é isso que vamos te ensinar. Confira abaixo um passo a passo simples e as principais vantagens do suporte de comedouro e bebedouro para gatos.

Bebedouro e comedouro para gatos: qual a altura ideal dos potinhos?

Você pode até duvidar, mas a altura do bebedouro e comedouro para gatos pode influenciar no conforto e, principalmente, na saúde do seu gatinho. Ao usar o pote apoiado diretamente no chão, o estômago do animal fica acima do esôfago, gerando episódios constantes de refluxo - que podem resultar em vômitos pela casa. Além disso, se o seu bichano tem o costume de deitar para comer, as articulações e a coluna ficam comprometidas, o que gera bastante incômodo no futuro. Nesses casos, o suporte para apoiar os potes de comida e água é a melhor solução. Não é difícil calcular a tamanho ideal: os recipientes devem ficar na altura dos cotovelos do felino. Assim, o animal não precisa forçar o pescoço e evita que ele precise abaixar ou se apoiar nas patas para comer.

Elevar o comedouro e bebedouro de gatos também evita a contaminação da comida

Além de contribuir para o processo de digestão, o suporte de comedouro e bebedouro para gatos também ajuda a manter a comida do seu bichano limpa e saborosa. Afinal, quando os potes de ração de gato e água ficam apoiados na mesma altura do chão, as chances de que qualquer impureza entre em contato com o alimento são maiores. Para tutores que passam uma parte do dia fora, por exemplo, é uma boa forma de garantir que o seu pet não consumirá água ou comida contaminada durante a sua ausência. Ainda assim, vale lembrar que o uso do suporte não substitui a limpeza dos recipientes e do ambiente. Não se esqueça de limpar diariamente o cantinho das refeições do seu amigo.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Comedouro para gatos: é importante manter o  potinho na altura dos cotovelos do felino para evitar refluxo e problemas de digestão
    Comedouro para gatos: é importante manter o potinho na altura dos cotovelos do felino para evitar refluxo e problemas de digestão

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Passo a passo de como fazer um suporte de comedouro e bebedouro para gatos

    Agora que você já sabe que o suporte para bebedouro e comedouro de gato é uma ótima opção, chegou a hora de colocar a mão na massa! Acredite ou não, é totalmente possível fazer o acessório em casa e deixar o momento da refeição do seu bichano mais confortável. Confira, a seguir, o passo a passo:

    Lista de materiais necessários:

    - 1 caixote de madeira que possua forro na parte de baixo (pode ser quadrado ou retangular)
    - lápis
    - estilete
    - tigelas de comida com borda
    - tinta spray
    - jornal, papelão ou plástico para forrar o chão

    Passo a passo:

    Passo 1) Antes de tudo, higienize o caixote de madeira para remover todas as possíveis sujeiras. Em seguida, forre o chão com o jornal ou plástico e o coloque o caixote virado para baixo;

    Passo 2) Para começar, você deve colocar os potes de comida sobre o forro do fundo do caixote e desenhar as suas respectivas circunferências;

    Passo 3) Depois, é hora de cortar os círculos feitos com um estilete. Nessa etapa, é importante recortar cerca de 2 cm para dentro das linhas. Assim, você evita que os potes caiam quando o suporte estiver finalizado;

    Passo 4) Chegou a hora de deixar a imaginação fluir! Pegue a tinta spray escolhida e pinte o caixote da maneira que preferir. Vale experimentar diferentes cores, pequenos desenhos e até mesmo escrever o nome do seu gatinho. Vale lembrar que é importante utilizar um material que não seja tóxico para animais. Deixe a tinta secar!

    Passo 5) Por fim, basta encaixar os potinhos nos espaços correspondentes e pronto. Está feito o suporte de comedouro e bebedouro para gatos.

    Redação: Úrsula Gomes

    4 ideias fáceis e baratas para fazer uma cama para cachorro

    Próxima matéria

    4 ideias fáceis e baratas para fazer uma cama para cachorro

    Qual a altura ideal do comedouro e bebedouro para gatos?
    Ração

    Qual a altura ideal do comedouro e bebedouro para gatos?

    Os gatos são animais bem exigentes quando o assunto é alimentação e esse comportamento não pode ser ignorado ou interpretado como frescura. Além de muito higiênicos, você pode reparar que a maioria dos felinos reclama quando você não repõem a comida ou se a água do bebedouro para gatos está ali por muito tempo. Eles não são seletivos à toa: água parada e ração “velha”, na verdade, não são o ideal para nenhum animal de estimação. Mas, além disso, você precisa estar atento a outros detalhes na hora da refeição do bichano: o pote de água e o comedouro para gatos, por exemplo, precisam ter o tamanho, diâmetro e altura determinada para não gerar problemas à saúde ao seu melhor amigo.

    Fonte para gatos: como escolher o melhor bebedouro para o felino
    Cuidados

    Fonte para gatos: como escolher o melhor bebedouro para o felino

    Quem tem gato ou conhece as particularidades desse pet, sabe que eles adoram beber água corrente. Não podem ver uma torneira ou chuveiro abertos que já vão logo matar a sede. Pensando nesse hábito, bebedouros com fontes foram criados para incentivar a hidratação dos felinos. Em vez de potes com água parada, essas fontes contêm uma torneirinha que fica ligada na energia e, dessa forma, chama a atenção dos bichanos.

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Ver Todas >

    Audição do gato, anatomia, cuidados e saúde: saiba tudo sobre os ouvidos e orelhas dos felinos!
    Cuidados dos animais

    Audição do gato, anatomia, cuidados e saúde: saiba tudo sobre os ouvidos e orelhas dos felinos!

    Quando se trata da anatomia dos felinos, a orelha de gato é uma das partes mais importantes dos nossos bichanos. E não é para menos, né? Além de ser a grande responsável pela poderosa audição felina, ela é uma das formas mais eficazes que o seu amigo encontra para se comunicar com você. Por esse motivo, essa região é cheia de peculiaridades e exige alguns cuidados específicos para manter a saúde do animal.

    Caixa de areia para gatos aberta ou fechada? Qual modelo é melhor?
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia para gatos aberta ou fechada? Qual modelo é melhor?

    Os felinos são extremamente higiênicos e prezam muito pela limpeza. É por isso que um dos itens mais essenciais na rotina deles é a caixa de areia para gatos. Por instinto, esses animais recorrem a ela para fazer suas necessidades e, inclusive, desenvolvem o hábito de enterrar as próprias fezes. Mas na hora de escolher a melhor caixa de areia para gatos, o tutor pode ficar confuso com tantas opções. 

    Filhote de cachorro chorando: 5 motivos que explicam o choro nas primeiras semanas de vida
    Cuidados dos animais

    Filhote de cachorro chorando: 5 motivos que explicam o choro nas primeiras semanas de vida

    Quem é mãe ou pai de pet sabe bem: não há nada mais doloroso do que o som de filhote de cachorro chorando. A vontade é de pegar o bichinho no colo e frisar diversas vezes que você nunca vai deixar nada de mal acontecer a ele. Mas essa é uma situação que pode acabar se tornando repetitiva nas primeiras semanas de vida de um cãozinho, principalmente se ele for acolhido em um novo lar. Então, a preocupação se torna inevitável: qual será o motivo por trás dos filhotes de cachorro chorando? 

    Compensa comprar um tapete higiênico lavável para cachorro?
    Cuidados dos animais

    Compensa comprar um tapete higiênico lavável para cachorro?

    O xixi de cachorro costuma ser uma dor de cabeça para todos os tutores de primeira viagem. É importante ensinar o cachorro como fazer suas necessidades no lugar certo desde cedo. Alguns cães podem ser treinados para fazer xixi e cocô somente na rua (para isso, você vai precisar passear com ele todos os dias, no mínimo duas vezes), mas o recomendado é que o animal também consiga fazer as necessidades em casa. Afinal, uma chuva forte ou um imprevisto pode acabar mudando a rotina de passeios. 

    Ver Todas >