Comportamento

Como adestrar um gato: adestrador dá dicas de como ensinar truques e melhorar a convivência com os bichanos

Aprender como adestrar um gato não é difícil: os felinos também podem aprender truques e outros comandos!
Aprender como adestrar um gato não é difícil: os felinos também podem aprender truques e outros comandos!

Gatos são conhecidos pela independência, sagacidade e comportamentos muito curiosos. Apesar de muito inteligentes, é comum não associarmos o adestramento aos felinos - é muito mais normal quando falamos de cachorros, não é?! Entender a forma correta de como adestrar um gato é o primeiro passo. Mesmo com a fama de serem animais livres e que não gostam de regras, os felinos podem facilmente aperfeiçoar a forma como comunicam com seus humanos. Para saber mais sobre o assunto, o Patas da Casa conversou com o adestrador Anderson Gonsales, que nos explicou que adestrar gatos não é tão difícil quanto parece. Confira a entrevista!

Adestramento de gatos é possível?

Sim, os gatos podem ser adestrados. Não só eles, como qualquer outro animal. “Os gatos são super inteligentes, e podem aprender qualquer coisa. De truques bem simples aos mais complexos, desde que não sejam fisicamente incompatíveis”, explica Anderson.

Não é tão difícil aprender como educar gatos. Eles podem fazer comandos básicos como sentar, deitar, ficar, vir quando são chamados e até passear na coleira. Segundo o adestrador, esses comandos podem ser muito importantes para o dia a dia do animal. Ele garante: você vai se surpreender com o resultado!

Como educar um gato: benefícios para o gatinho e o dono

Adestrar gatos melhora a comunicação entre o tutor e o animal. Além disso, segundo o adestrador, serve para modelar alguns comportamentos indesejáveis, criar um repertório comportamental, tirar o gatinho do sedentarismo, estreitar os laços e incentivar seus instintos naturais. Por isso, além do adestramento, é importante garantir ao bichano um ambiente seguro e com muitos estímulos: a gatificação, por exemplo, é uma forma de oferecer mais qualidade de vida ao seu amigo felino.

Parece uma missão impossível aprender como adestrar um filhote de gato. É importante entender que o processo é diferente da forma como cães são adestrados. Segundo o adestrador, a ciência é a mesma, porém são animais bem diferentes e que possuem necessidades peculiares. “É muito importante conhecer a fisiologia dos gatos e entender essas diferenças para que as técnicas de adestramento sejam utilizadas da maneira correta”, conclui.

Como adestrar um gato: educar o seu felino é importante!

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Adestramento: é possível ensinar seu gatinho a passear de coleira e guia na rua!
    Adestramento: é possível ensinar seu gatinho a passear de coleira e guia na rua!

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    Não é porque os gatos não passeiam e costumam ter menos contato com humanos e outros animais que não devem ser adestrados. Aprender como adestrar filhote é uma forma de garantir que a rotina do gato seja menos estressante e ele não tenha comportamentos negativos, como a ansiedade, que pode acabar prejudicando a saúde do animal.

    “Ao contrário do que muita gente pensa, o adestramento não serve para transformar seu animal em um robô ou fantoche. Adestramento é uma forma de comunicação onde o gatinho vai compreender o que o tutor espera e, em contrapartida, passa a entender suas necessidades e vai procurar ajustá-las dentro de casa. No adestramento positivo, o bem-estar vem sempre em primeiro lugar, seguido da construção de um ambiente saudável, enriquecido, seguro, com uma comunicação clara em que o gatinho possa expressar seus comportamentos naturais. Isso passa a ser uma necessidade!”, explica o adestrador. 

    Adestrar gatos não requer uma idade ou porte específico

    Algumas pessoas imaginam que o adestramento, seja de cão ou gato, só pode ser feito enquanto eles ainda são filhotes. Isso não é verdade, qualquer animal pode ser adestrado, seja filhote ou idoso, de raça ou sem raça, grande ou pequeno. O mais importante é saber os limites do seu animal. Segundo Anderson, o adestramento não é uma receita de bolo e pode ser diferente dependendo das características do gatinho. “Se for um animal ativo, essas características podem ser bem exploradas. Agora se seu animal for mais sedentário ou até mesmo tem alguma limitação física ou de saúde, é preciso ir com cautela na hora de ensinar algum comportamento específico”, alerta.

    Como educar um gato: ensine o seu gatinho a sentar! 

    Adestramento de gatos: ensine o seu peludinho a sentar com o passo a passo abaixo!
    Adestramento de gatos: ensine o seu peludinho a sentar com o passo a passo abaixo!

    Que tal aprender a ensinar o seu gato a sentar? Siga o passo a passo e veja como é fácil: 

    Passo 1: observe o que mais motiva o seu animal

    Seu bichano gosta de frango ou prefere atum? Quem sabe, ele gosta mais de um petisquinho daqueles mais industrializados? Primeiro, é importante descobrir qual comidinha mais motiva o seu gato e o deixa mais empolgado para ganhar a recompensa. Lembre-se que os gatinhos são animais mais exigentes quanto ao paladar, e podem não aceitar qualquer coisa.

    Passo 2: coloque o petisco perto do focinho e levante a mão por cima da cabeça

    Depois de identificar qual o petisco favorito do seu bichinho, é hora de ensiná-lo a sentar. Coloque o petisco na mão como se fosse oferecer ao animal, chegue com a mão na frente do focinho e vá levantando para cima da cabeça. A sua mão deve ir por cima da cabeça do animal, fazendo com que ele olhe para cima. Assim, ele vai ter dois comportamentos: inclinar o corpo para trás ou pular na sua mão. Se o gatinho pular na sua mão, desfaça esse comportamento e recomece. 

    Passo 3: recompense o seu amigo

    Vá repetindo esse processo até que o animal encoste o bumbum no chão e, quando isso acontecer, o recompense com o petisco. Com o tempo, o gatinho vai associar que, ao sentar, ele ganha um agradinho. Quanto mais você repetir o processo, mais rápido o animal vai entender o que você deseja. Com o tempo, o gesto da mão vai se tornar um comando.

    Redação: Júlia Cruz 

    Pode passear com cachorro nos dias de muito calor? Qual a melhor forma de fazer isso?

    Próxima matéria

    Pode passear com cachorro nos dias de muito calor? Qual a melhor forma de fazer isso?

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Adestrar gatos: como ensinar seu felino a dar a pata e sentar?
    Comportamento

    Adestrar gatos: como ensinar seu felino a dar a pata e sentar?

    Como adestrar gatos? A resposta é simples: tenha paciência e petiscos para gatos na mão. Muita gente pensa que adestrar gatos é uma missão impossível. Isso acontece porque há uma ideia equivocada de que os felinos são desobedientes e teimosos; quando, na verdade, gatos são animais extremamente inteligentes e treináveis. Quer aprender a ensinar truques  como dar a pata e sentar? Nós te ajudamos!

    Cuidar de gato no verão: 6 dicas para o seu bichano não passar calor
    Cuidados

    Cuidar de gato no verão: 6 dicas para o seu bichano não passar calor

    Com o verão se aproximando, os gatinhos precisam de alguns cuidados para passarem pela estação mais quente do ano sem sofrimento. Apesar dos passeios não fazerem parte da vida de um felino, eles também sentem bastante calor dentro de casa - até porque costumam ficar mais tempo no sol. Ao contrário dos cães, os gatinhos não ficam ofegantes quando estão com calor, mas cuidar de gato no verão é muito importante para preservar a saúde e promover bem-estar para o seu bichano. Pensando nisso, separamos alguns cuidados que você precisa ter com gatos no verão. Continue lendo para entender mais!

    Cama para gato: veja as opções e saiba como escolher a melhor para o seu bichano
    Cuidados

    Cama para gato: veja as opções e saiba como escolher a melhor para o seu bichano

    As camas para gato são a maneira perfeita de deixar o seu bichano confortável. Eles dormem diversas vezes ao dia, chegando a passar de 12 a 16 horas cochilando. Uma rotina de fazer inveja! Por mais que a gente se sinta honrado quando o gatinho escolhe o nosso colo para dormir, é importante ter um local só dele, onde o felino para descansar. Existem diversos modelos de cama de gato que você pode comprar, inclusive é possível fazer uma em casa. Antes de comprar, leve em consideração alguns pontos, como o tamanho do felino, se ele gosta de se esconder e a idade dele. Para te ajudar, nós separamos algumas dicas de como escolher quais os modelos de camas para gatos mais comuns e como incentivá-los a usarem elas.

    Ver Todas >

    Gato na janela: veja acessórios e produtos que deixam a experiência do bichano mais segura e confortável
    Comportamento animal

    Gato na janela: veja acessórios e produtos que deixam a experiência do bichano mais segura e confortável

    Quem tem gato em casa sabe bem que esses animais adoram ficar nas alturas! As janelas são praticamente os lugares preferidos da casa para os gatinhos. De lá eles conseguem ver o movimento da rua sem perder nada que acontece dentro de casa. Para que esse hábito do bichano fique mais agradável e seguro, nada melhor do que personalizar esse espaço para que ele se torne mais “gatificado” ainda.

    Você sabe a história por trás do meme do vira-lata caramelo? Conheça da cachorrinha Pipi
    Comportamento animal

    Você sabe a história por trás do meme do vira-lata caramelo? Conheça da cachorrinha Pipi

    Pipi é o nome da vira-lata caramelo que já faz parte do cotidiano brasileiro há um tempo e virou praticamente uma celebridade na internet. Mas você sabe como ela virou meme e qual a história por trás da imagem? O Patas da Casa foi atrás da história e entrevistou a Vanessa Brunetta, tutora da Pipi, a vira-lata caramelo que estampa uma das montagens mais famosas com a cédula de R$ 200. 

    Adestrar cachorro: como usar os petiscos da forma certa para treinar o animal?
    Comportamento animal

    Adestrar cachorro: como usar os petiscos da forma certa para treinar o animal?

    Adestrar o cachorro é algo que pode mudar o relacionamento entre animais e humanos. Um dos grandes aliados do adestramento de cães são os petiscos, muito utilizados para associar comandos e treinos a recompensas. No entanto, é preciso atenção com a quantidade de petiscos e até a forma como são utilizados durante os treinamentos para que não se torne um problema para a saúde e comportamento do animal. 

    Fantasia de Halloween para cachorro: 4 ideias fáceis para colocar em prática
    Comportamento animal

    Fantasia de Halloween para cachorro: 4 ideias fáceis para colocar em prática

    O cachorro fantasiado fica uma fofura e chama a atenção por onde passa. O Halloween, o famoso dia das bruxas, é tradição em vários países do mundo e é conhecido pelas fantasias inusitadas e cheias de criatividade! Se você ama vestir o seu cãozinho em datas comemorativas, como o natal ou carnaval, não pode deixar passar a oportunidade para fazer uma fantasia de halloween para cachorro bem legal. Veja algumas ideias que separamos!

    Ver Todas >