close
Cuidados

Colar elizabetano para gatos: qual o melhor modelo?

Atualizado · 30 de junho de 2022 · 12h43

Publicado · 30/06/2022 · 12h42

Colar elizabetano: gatos precisam do acessório em cirurgias ou tratamentos em que o pet não pode lamber parte do corpo
Colar elizabetano: gatos precisam do acessório em cirurgias ou tratamentos em que o pet não pode lamber parte do corpo

O colar elizabetano para gatos é um acessório fundamental durante o tratamento de uma ferida que está em processo de cicatrização. Muito usado após cirurgias de castração de gato, o colar impede que o bichano fique lambendo ou mordendo a região que está com curativos - comportamentos que, além de deixar o ferimento exposto, atrasam a recuperação. O acessório é muito usado em gatos - e também em cães - mas por conta de seu formato de cone, pode parecer bastante incômodo. Felizmente, existem diferentes modelos de colar elizabetano! O gato deve usar aquele mais adequado à sua situação, garantindo eficiência e conforto. Quer conhecer os tipos de colar elizabetano para gatos que existem? Confira!

Colar elizabetano para gatos de plástico: versão mais tradicional é muito resistente

O colar elizabetano para gatos de plástico é, provavelmente, a versão mais conhecida do acessório. Sua maior qualidade é a alta resistência. Por conta disso, é muito indicado para aqueles gatos mais agitados que ficam tentando remover o acessório e lamber as feridas na pele o tempo inteiro. Outra vantagem é que, por ser resistente, evita que o pet acabe batendo em paredes e outros objetos que ficam fora do campo de visão por conta do acessório. Apesar desse colar para gato ser de plástico, a maioria dos modelos tem uma borda de borracha, o que permite o contato do animal com o acessório sem risco de machucar. Esse colar elizabetano para gatos também costuma ser mais barato, podendo ser encontrado na faixa dos R$15 a R$ 20.

Colar elizabetano de gato: tecido garante mais mobilidade e conforto

No caso do colar elizabetano gato de tecido, a maior vantagem é a mobilidade. Com esse colar elizabetano, o gato consegue se movimentar melhor do que com a versão em plástico, uma vez que seu material é maleável. Além disso, é o modelo mais confortável para o animal. Por outro lado, o colar elizabetano para gato de tecido é menos resistente e não impede que o bichano se machuque esbarrando em paredes. Ele também não é muito indicado caso seu pet seja mais agitado, já que o gatinho pode acabar removendo o acessório com facilidade. O colar elizabetano gato tecido fica na faixa de R$ 80, mas é possível encontrar opções mais baratas.

Colar elizabetano flexível para gatos de espuma: seu preenchimento amortece impactos

O colar elizabetano flexível para gatos de espuma é outra opção para quem quer mais mobilidade. Ele parece bastante o colar elizabetano para gatos de tecido, com a diferença que possui um preenchimento de espuma que ajuda a amortecer possíveis esbarrões. Além disso, o colar elizabetano flexível para gatos de espuma também oferece grande conforto ao bichano. O produto custa cerca de R$ 40.

Colar para gato inflável: parece uma almofada e não afeta o campo de visão

Uma versão diferente de colar para gato é o inflável. Ele lembra aquele tipo de almofada de pescoço usada em viagens. Muito macia e confortável, a maior vantagem do colar elizabetano para gatos inflável é o fato de não afetar seu campo de visão. Como fica apenas no entorno do pescoço, permite que o bichano enxergue sem problemas tudo ao seu redor. Porém, não é em qualquer situação que se pode usar esse colar elizabetano. O gato não fica com o corpo completamente protegido usando esse modelo, que fica só no entorno do pescoço. Por isso, dependendo do local onde se encontra o ferimento cicatrizando, a proteção pode não ser muito eficiente, já que o pet pode acabar alcançando. Como se trata de um colar elizabetano para gatos inflável, macio e que traz a grande vantagem de não prejudicar a visão do gato, é um pouco mais caro, ficando em torno de R$100. 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O colar para gato de plástico é o mais resistente
    O colar para gato de plástico é o mais resistente
    O colar elizabetano para gatos de tecido garante maior mobilidade ao bichano
    O colar elizabetano para gatos de tecido garante maior mobilidade ao bichano
    O colar elizabetano flexível para gatos de espuma combina mobilidade com resistência
    O colar elizabetano flexível para gatos de espuma combina mobilidade com resistência
    O colar para gato inflável permite que o campo de visão do animal fique intacto
    O colar para gato inflável permite que o campo de visão do animal fique intacto
    O colar para gato de plástico é o mais resistente
    O colar elizabetano para gatos de tecido garante maior mobilidade ao bichano
    O colar elizabetano flexível para gatos de espuma combina mobilidade com resistência
    O colar para gato inflável permite que o campo de visão do animal fique intacto

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Cuidados com o colar elizabetano: gato precisa usar um tamanho compatível ao seu

    Independentemente do tipo de colar elizabetano, gato precisa estar confortável com o acessório. Para isso, é preciso escolher o tamanho adequado ao seu bichano. Todos os modelos de colar para gato são vendidos em tamanhos diferentes, então atenção às especificações. É fundamental que o objeto não encoste no bigode do gato. Essa parte do corpo é sensível e são as vibrissas do gato que dão a noção de espaço do animal. Como sua visão já fica levemente prejudicada com o uso do colar elizabetano, o gato precisa mais do que nunca de suas vibrissas livres. 

    Colar elizabetano: gato deve usar o acessório por quanto tempo?

    Seja um colar elizabetano flexível para gatos ou a versão em plástico, a verdade é que o gatinho pode ficar sim um pouco desconfortável com o acessório, principalmente no início. Por isso, é comum que todo tutor fique com a dúvida: quanto tempo o gato deve usar o colar elizabetano? A resposta é: depende. O colar para felinos só é usado durante o tratamento de alguma ferida ou recuperação de algum procedimento, como a cirurgia de castração de gatos. O acessório deve ser mantido até que o veterinário dê alta. Esse período, porém, é incerto, uma vez que cada caso é um caso. Depende da resposta ao tratamento, do tipo de ferimento, do remédio usado no local, da cirurgia que foi feita… Por isso, somente o veterinário pode afirmar quanto tempo o gato deve usar o colar elizabetano. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Publicada em: 26/04/2022

    Atualizada em: 30/06/2022

    Como fazer o gato beber água? Tudo sobre a hidratação felina e prevenção de doenças

    Próxima matéria

    Como fazer o gato beber água? Tudo sobre a hidratação felina e prevenção de doenças

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Caixa de transporte de gato: quais os modelos? Como escolher?
    Cuidados

    Caixa de transporte de gato: quais os modelos? Como escolher?

    Os gatos são animais que amam a liberdade e sempre procuram uma forma de explorar o ambiente. Quem tem um bichano em casa sabe da importância de manter a segurança dos animais, principalmente quando eles estão fora de casa. Para isso, é fundamental ter uma caixa de transporte para gato

    Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!
    Cachorro

    Cachorro e gato juntos: veja em infográfico como melhorar a relação entre as duas espécies!

    Por muito tempo, cachorro e gato foram considerados verdadeiros inimigos, mas é necessário desmistificar essa ideia, porque isso não condiz muito bem com a realidade. Na verdade, é totalmente possível construir uma boa relação entre as duas espécies e viver em harmonia com o gato e cachorro na mesma casa. Não é à toa que muitos tutores têm os dois bichinhos - e isso acaba rendendo várias fotos bem fofas de doguinhos dormindo junto com os bichanos. No entanto, não se pode negar: às vezes criar bons laços entre os dois animais pode ser uma tarefa difícil. Por isso, o Patas da Casa preparou um infográfico com algumas dicas de como adaptar cachorro com gato sem grandes problemas. Veja abaixo!

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!
    Saúde

    Plano de saúde para gatos: quais são as vantagens? Entenda melhor o serviço!

    O plano de saúde para gatos pode ser uma ótima alternativa para quem tem um felino em casa! Os pets fazem parte da família e, como qualquer ente querido, demandam atenção e cuidados especiais. No caso dos gatinhos, essa série de precauções inclui check-ups anuais, vacinas e visitas frequentes ao consultório veterinário. Manter essa rotina saudável não precisa, necessariamente, ser um peso no orçamento.

    Ver Todas >

    O que fazer ao levar uma mordida de gato?
    Cuidados dos animais

    O que fazer ao levar uma mordida de gato?

    Levar uma mordida de gato nunca é algo agradável. No entanto, há situações em que a mordida é bem leve e não passa de uma simples “brincadeira” do animal, e há casos em que os dentes de gato causam uma perfuração na pele, quadro que precisa de atenção. Se isso acontecer, uma das maiores preocupações é quanto ao que fazer ao levar uma mordida de gato na mão. Inchaço, vermelhidão e outros sintomas fora do comum devem ligar o alerta, não importa se é um felino caseiro ou de rua. 

    Como cuidar do gato no inverno? Veja o infográfico com várias dicas!
    Cuidados dos animais

    Como cuidar do gato no inverno? Veja o infográfico com várias dicas!

    Não é mistério que, mesmo sendo bem peludinhos, os gatos sentem frio e ficam bem incomodados quando a temperatura baixa. Por isso, no inverno, os tutores devem redobrar a atenção com os felinos, já que esses animais são conhecidos por disfarçarem o que sentem e nem sempre os sinais de um gato com frio são claros. Além disso, saber como aquecer os bichanos é fundamental - e é aí que entram estratégias como a roupa de inverno para gatos. 

    Onde colocar a caixa de areia do gato?
    Cuidados dos animais

    Onde colocar a caixa de areia do gato?

    A caixa de areia para gatos é, sem dúvidas, um dos itens mais importantes na hora de receber um felino em casa. Higiênicos por natureza, esses animais recorrem ao acessório por instinto para fazer as suas necessidades fisiológicas. No entanto, também pode acontecer de você flagrar um gato fazendo xixi e cocô no lugar errado, mesmo com a caixinha disponível. Nesses casos, a localização da caixa de areia pode ser um dos motivos que levam o bichano a agir desta forma.

    Quantas vezes um gato urina por dia?
    Cuidados dos animais

    Quantas vezes um gato urina por dia?

    Você já se perguntou quantas vezes um gato urina por dia? Essa dúvida é muito frequente e com certeza já passou pela cabeça de todos aqueles que vivem com os felinos, sobretudo os tutores de primeira viagem. Saber quantas vezes gato vai ao banheiro é importante para conhecer o comportamento do pet e até mesmo para identificar algo de errado com a saúde dele. 

    Ver Todas >