close
Comportamento

Briga de gato: por que acontece e como evitar?

Atualizado · 19 de abril de 2022 · 18h56

Publicado · 19/04/2022 · 18h56

O gato brigando costuma ser um sinal de disputa por território
O gato brigando costuma ser um sinal de disputa por território

Briga de gato é sempre um problema sério que pode ter consequências graves. Mesmo que você nunca tenha presenciado uma, só de olhar um vídeo de gato brigando dá para ver que se trata de algo intenso. O miado de gato brigando é alto e característico, e pode resultar em muitos arranhões e mordidas. Esse comportamento pode aparecer em qualquer bichano por uma série de fatores, por isso é importante evitar algumas situações para não estimular a briga de gato.

O Patas da Casa conversou com a médica veterinária Rúbia Burnier, especialista em terapia comportamental, holística e medicina veterinária integrativa, que explicou quais as causas de uma briga de gato. Além disso, te mostramos o que fazer ao ver um gato brigando e como evitar que gatos brigões se ataquem novamente.

Gato brigando por território é o motivo mais comum

Gatos são animais territorialistas por natureza. Os instintos selvagens do gato que vêm de seus ancestrais ainda são muito presentes. Por isso, os gatos gostam de ter um controle do ambiente e são dominadores. Essa busca por território é a principal causa do problema. “Briga de gatos é muito contextual, então depende muito da situação, de quantos gatos tem, dessa hierarquia entre eles. Mas geralmente é disputa de território. Um olhar errado que um dá para o outro, uma invasão de áreas de preferências de dormir... Está muito ligado ao contexto, é uma situação específica para cada caso”, explica a veterinária Rúbia Burnier.

Outros fatores podem ser o motivo de um gato atacando outro gato

A disputa por território é o principal motivo de um gato brigando. Porém, existem outros fatores que levam a esse comportamento. Rúbia destaca que o gato ciumento e muito apegado a pessoas, comidas ou ambientes pode manifestar o comportamento e ser a causa da tensão. Um gato pode matar outro durante uma briga despertada por ciúmes ou causar graves ferimentos. Além disso, alguns gatos atacam filhotes recém-chegados por não gostarem de mudanças na rotina. Mau-humor ou disputa de hierarquia social por causa do envelhecimento de um líder também são fatores que Rúbia ressalta como possíveis gatilhos. Se eles não forem controlados, um gato pode atacar outro gato.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Separar o gato brigando usando as mãos não é o recomendado
    Separar o gato brigando usando as mãos não é o recomendado

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Gatos brigões apresentam mudanças comportamentais 

    Se você já viu algum vídeo de gato brigando sabe que a situação pode ser bem séria. Além dos machucados físicos (que vão desde arranhões até machucados graves nos olhos), problemas comportamentais podem ser perceptíveis em gatos brigões. Gato estressado, marcação de território em excesso e até mesmo retenção de urina pode ser uma consequência. 

    Ouvi o som de gato brigando: devo separar? 

    Em briga de gato não se mete a colher! Você pode até ter o instinto de tentar separar, mas, se vir um gato atacando outro gato, o melhor a fazer é apenas jogar um jato de água fria, como explicou a veterinária Rúbia. Isso vai ajudar a chamar a atenção do animal para outras coisa. Outra ideia é jogar um brinquedo entre eles para atrapalhar. O barulho de gato brigando é bem alto, mas vale você fazer algum som (como bater palmas bem alto) para chamar sua atenção. Nunca tente separar a briga de gato só usando as mãos, pois o risco de se machucar é bem alto.

    Como evitar briga de gato?

    O tutor não tem muito como acabar com uma briga de gato, mas pode prevenir que ela aconteça. Sabendo os gatilhos que motivam o animal a brigar e conhecendo sua personalidade, é possível criar um ambiente saudável e que não leve o pet a essa situação de estresse extremo. Rúbia explica algumas medidas que podem ser adotadas para evitar a briga de gato: “Perceber os gatilhos e modificá-los ou desmontar a cena do conflito eminente; manter rotas de fuga desobstruídas para evitar zonas de conflito; separar os gatos brigões e manter dinâmica rotatória dos ambientes.” 

    A castração do gato também é uma ótima maneira de evitar briga de gato. Além disso, vale investir em arranhadores e brinquedos interativos para gatos que direcionam o comportamento de uma maneira saudável e promovem um ambiente agradável. Além disso, sempre socialize o gato com cautela e respeitando o seu tempo.

    Redação: Maria Luísa Pimenta  

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Próxima matéria

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Briga de gato: por que acontece, como identificar, como evitar
    Comportamento

    Briga de gato: por que acontece, como identificar, como evitar

    Quem tem mais de um gato em casa precisa tomar cuidado com as brincadeiras que podem virar brigas ocasionais. Seja por posse de algum objeto ou para marcar território, os felinos que moram na mesma casa podem se estranhar de vez em quando. Já os animais que estão na natureza ou os de rua também podem brigar para disputar a fêmea. Isso pode acontecer em casa também, mas é raro se os gatos forem castrados. Para ajudar os donos, o Patas da Casa vai dar algumas dicas de como prevenir, reconhecer e separar uma briga felina.

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar
    Comportamento

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar

    Ter mais de um bichinho de estimação é muito comum em muitas famílias, mas e quando os animais são de espécies diferentes, como cachorro e gato? Algumas pessoas acreditam que a relação entre eles é um pouco problemática, mas não precisa ser assim - inclusive, é super possível fazer com que os dois bichinhos sejam grandes amigos. Tudo é uma questão de saber como acostumar gato com cachorro para que eles aprendam a conviver de um jeito mais harmonioso.

    Meu gato deita na caixa de areia: saiba como descobrir o motivo e o que fazer para evitar
    Caixa de areia

    Meu gato deita na caixa de areia: saiba como descobrir o motivo e o que fazer para evitar

    A caixa de areia é um dos principais utensílios que você precisa ter assim que recebe um gatinho em casa. Além de ser o único lugar onde o felino faz xixi e cocô, o acessório também é um sinal da personalidade organizada e higiênica que é comum nesses animais. Justamente por isso, quando seu gato começa a passar mais tempo do que o necessário na caixa de areia, deitando no recipiente e, às vezes, até dormindo por ali, você pode ter certeza que alguma coisa está errada! Descubra, aqui embaixo, o que pode estar causando esse comportamento e como você pode ajudar seu gato a parar de deitar na caixa de areia!

    Gato Singapura: tudo que você precisa saber sobre a raça
    Raças

    Gato Singapura: tudo que você precisa saber sobre a raça

    Com uma beleza extraordinária, o gato Singapura deixa qualquer um babando. Esse felino de pequeno porte é considerado uma das menores raças de gato que existem. Entretanto, suas características físicas singulares não param por aí: os olhos grandes e expressivos são outra particularidade da raça. Além disso, a raça Singapura possui uma personalidade dócil e amigável. Ficou curioso para conhecer mais sobre essa raça de gato?

    Ver Todas >

    Por que cachorro boceja?
    Comportamento animal

    Por que cachorro boceja?

    O bocejo dos cães pode ter diferentes significados, e nem sempre está associado somente ao sono ou cansaço (embora estes também sejam possíveis motivos). Na realidade, é bem comum ver um cachorro bocejando e logo depois virando um poço de alegria e energia. Em alguns casos, o comportamento também pode estar relacionado ao estresse e ansiedade, sendo importante aumentar a observação com seu amigo de quatro patas. 

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida
    Comportamento animal

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    O Gato-do-deserto é uma raça de gato selvagem que vista de longe parece um filhote fofinho. Mas se engana quem pensa que essa pode ser uma raça de gato indefesa e carinhosa como os felinos que estamos acostumados. O nome científico dele é Felis Margarita (também chamado de Gato-da-areia Árabe): uma raça de gatos que se esconde no intenso calor diurno e extremo frio noturno de desertos do Oriente Médio. 

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?
    Comportamento animal

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?

    O pelo de gato exerce uma função importante tanto na proteção do corpo e da pele, como também na linguagem corporal felina. Sim, é isso mesmo: mesmo sem um vocabulário, os bichanos são capazes de expressar sentimentos e vontades com movimentos, posições específicas e até mesmo com o estado da pelagem. Se você já viu um gato arrepiado, deve entender do que estamos falando!

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?
    Comportamento animal

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?

    O termo “pet friendly” nunca esteve tão em alta quanto agora. Todo mundo sabe que os cães são grandes companheiros dos humanos e carregam até o título de melhores amigos. Mas, mesmo fazendo parte da nossa família há tanto tempo, foi recentemente que esses pets conquistaram um “espaço” definitivo nos momentos de lazer dos tutores. É aqui que entra a ideia de pet friendly: hotéis, pousadas, restaurantes, shoppings, mercados e vários outros estabelecimentos hoje em dia recebem os peludos de braços abertos (em alguns cidades, como no Rio de Janeiro, é lei!).

    Ver Todas >