close
Comportamento

Aromaterapia para pets: especialista explica como utilizar óleos essenciais para animais

Atualizado · 07 de abril de 2022 · 18h18

Publicado · 07/04/2022 · 18h07

Os óleos essenciais para animais podem ajudar no tratamento de problemas comportamentais e físicos
Os óleos essenciais para animais podem ajudar no tratamento de problemas comportamentais e físicos

As terapias holísticas podem ajudar cães e gatos em diferentes aspectos. Além da acupuntura, uma das mais conhecidas, a aromaterapia para animais é outro tratamento complementar baseado nos efeitos que o aroma das plantas provocam nos seres vivos. O focinho do cachorro e do gato têm uma estrutura que permite que o olfato deles seja bem mais desenvolvido do que o olfato humano. Por isso, a aromaterapia para pets pode auxiliar na melhora de diversas complicações de saúde.

A cautela é necessária para qualquer tipo de tratamento e com a aromaterapia para animais não é diferente. A primeira coisa que o tutor precisa garantir é que os óleos essenciais são manipulados por especialistas. Para entender melhor como funciona o uso do aroma dos óleos essenciais para animais de estimação, conversamos com a médica veterinária e terapeuta holística Marcella Vianna. Além disso, a tutora Graziela Mariz nos contou sobre sua experiência com a aromaterapia para gatos. 

Como é feita a aromaterapia para pets?

Na aromaterapia pet, as ações terapêuticas são advindas dos óleos essenciais, que são substâncias extraídas de plantas, flores, frutos e raízes. Apesar da facilidade em achar os produtos para o tratamento, os tutores devem ter precauções. O uso de óleo essencial para cachorro e gato pode trazer malefícios caso seja usado de forma errada. Mesmo que o tutor faça uso dos óleos essenciais de forma pessoal, é preciso ter em mente que o tratamento nos pets é feito de forma distinta, principalmente pela potência do focinho de gato ou de cachorro têm em relação ao nariz dos humanos. “Não são todos os óleos que podem ser utilizados e inalados por gatos e cães”, explica a especialista Marcella Vianna. Existem óleos essenciais que podem ser tóxicos para os animais e o uso da aromaterapia é diferente entre caninos e felinos. O acompanhamento e indicação de um veterinário e terapeuta holístico é muito importante.

O uso dos óleos essenciais em animais é feito por inalação, banho aromático e aplicação tópica. “Em gatos não há a recomendação de aplicação tópica, principalmente por causa do risco de lambedura, então optamos por sprays ambientais nos locais onde o gatinho passa”, alerta a veterinária.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A aromaterapia para pets é feita por inalação, banho aromático ou aplicação tópica
    A aromaterapia para pets é feita por inalação, banho aromático ou aplicação tópica

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Quais os benefícios dos óleos essenciais para animais?

    Os benefícios da aromaterapia para pets são variados. Segundo Marcella, os óleos essenciais para cachorros e gatos são usados para complementar o tratamento de questões emocionais, comportamentais e até problemas físicos. “A aromaterapia é excelente para tratar dores articulares em pets, por exemplo. A dor crônica traz determinada ansiedade, tristeza e fadiga para quem convive com ela, então, uma boa sinergia aromática visando as funções analgésicas, revitalizantes e causadoras de bem-estar tem efeitos super positivos no tratamento desse paciente.”

    A tutora Graziela Mariz utilizou o método para auxiliar um caso de gato estressado. A gatinha Flora ficava muito estressada com as idas ao veterinário, que eram constantes devido ao tratamento de uma doença crônica. “Ela sempre foi muito agressiva com os veterinários, que não conseguiam examinar sem sedar. Ela ficava muito irritada com isso de estar sempre indo na clínica e voltava pra casa muito estressada”, conta a tutora. Diante da situação, a tutora procurou uma profissional e passou a utilizar o óleo de lavanda, que deixava a gatinha mais tranquila ao voltar do veterinário.

    Graziela é adepta e indica o auxílio de tratamentos complementares: “Com certeza indicaria aromaterapia para outros tutores e indicaria inclusive outros tratamentos holísticos complementares. Também tive outros gatos que tratei com florais e vi resultado.” Além da aromaterapia para pets, outro tratamento complementar muito utilizado é a acupuntura veterinária.

    Aromaterapia para cães e gatos: tratamento demanda cuidados!

    O ideal é que o tutor procure um especialista para saber como usar os óleos essenciais para cachorros e gatos. O especialista vai definir a necessidade da terapia em questão e selecionar as substâncias mais adequadas de acordo com as especificidades e condições do animal de estimação que precisa desse tipo de tratamento.

    A veterinária explica melhor sobre a diferença na forma de tratamento entre as duas espécies. “Os felinos são mais sensíveis aos óleos essenciais que os cães. Com os gatos, o ideal é que sejam feitos com óleos já diluídos na dosagem correta ou hidrossóis, que são uma parte mais delicada da destilação das plantas. Já com os cães, podemos fazer a auto seleção com os frascos de óleo essencial semiabertos mesmo”, diz Marcella.

    Redação: Hyago Bandeira

    Cocô de gato: o que indica sobre a saúde do pet e muito mais

    Próxima matéria

    Cocô de gato: o que indica sobre a saúde do pet e muito mais

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Cachorro muda depois da castração? Especialista explica as principais alterações de comportamento!
    Castração

    Cachorro muda depois da castração? Especialista explica as principais alterações de comportamento!

    A cirurgia de castração de cachorro é um dos procedimentos médicos mais recomendados pelos veterinários tanto para os machos, quanto para as fêmeas. Mesmo sendo diretamente ligada ao sistema reprodutor do animal, o cachorro castrado costuma apresentar algumas mudanças no comportamento depois que o processo passa. Por causa disso, alguns tutores costumam se preocupar com a adaptação do animal à nova vida. Para esclarecer as dúvidas sobre o que muda ou não no dia a dia do seu amigo depois que ele for castrado, a gente conversou com a veterinária e comportamentalista Renata Bloomfield. Dá uma olhada!

    Laser para gatos: especialista explica os efeitos da brincadeira nos felinos. Entenda!
    Brinquedos

    Laser para gatos: especialista explica os efeitos da brincadeira nos felinos. Entenda!

    Um objeto que parece divertido e provoca reações engraçadas: o laser para gatos se transformou em um “brinquedo” muito comum para entreter os felinos. Uma luz de raio único, que o faz pular de um lado para o outro com o objetivo de alcançá-la parece inofensivo, não é mesmo?! Mas, você sabe quais são os efeitos desse acessório nos gatinhos? O laser para gatos pode ser muito prejudicial para a saúde mental dos peludinhos. Imagina só: felinos têm o instinto de caçadores por natureza e se frustram quando não alcançam uma presa com sucesso. Afinal, como eles alcançariam uma presa que, de repente, some? Para entender melhor como o laser para gato pode afetar os bichanos, nós conversamos com a bióloga e comportamentalista felina Valéria Zukauskas. Chega mais!

    Resgate de cachorro: como é a rotina de um protetor de animais?
    Histórias reais

    Resgate de cachorro: como é a rotina de um protetor de animais?

    Adotar cachorro é um pensamento que sempre passa na cabeça de quem tem vontade de ter um bichinho para chamar de seu. Essa é uma linda atitude e que, além de garantir um novo lar para o animal, também proporciona o início de uma grande amizade com o pet. Mas afinal, como funciona a rotina de quem trabalha com resgate de cachorro? Como eles tratam e cuidam dos cachorros para adotar? Quais são as maiores dificuldades e barreiras que podem aparecer no meio do caminho? Nós conversamos com a protetora Yasmin Jacob, do projeto Aumigos do Bem, e ela contou um pouquinho do seu cotidiano com os cachorros resgatados. Dá só uma olhada!

    Ver Todas >

    Fralda para gato com incontinência urinária: como usar?
    Cuidados dos animais

    Fralda para gato com incontinência urinária: como usar?

    Gatos são animais super limpinhos. A maioria deles se adapta bem à caixa de areia para fazerem suas necessidades e gostam desse ritual. Porém, por causa de questões relacionadas à saúde, como incontinência urinária, gatos acabam precisando usar fralda. Imagine o ta

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!
    Cuidados dos animais

    Conheça 8 plantas que gatos podem comer!

    Os gateiros devem ter um cuidado enorme com a escolha de flores para decorar a casa, principalmente porque existem várias plantas tóxicas para gatos, como é o caso da hera, lírio e espada-de-são-jorge. Mas, ao contrário destas espécies “perigosas”, também existem plantas que gatos podem comer e que são completamente seguras, sem chances de provocar mal estar ou intoxicar os felinos.

    Como construir um canil para cachorro adequado?
    Cuidados dos animais

    Como construir um canil para cachorro adequado?

    Quando falamos de canil para cachorro, o primeiro lugar que nos vem à mente são os abrigos para animais. Porém, canil para cachorro também é o nome dado a um cantinho feito especialmente para seu pet se divertir em uma área externa. Essa é a melhor solução para quem não pode deixar o doguinho dentro de casa ou quer oferecer um cantinho para ele no quintal. Qualquer cão se beneficia desse modelo de casinha para cachorro - grande, pequeno, de raça ou vira-lata. 

    Pata de cachorro: veja como amenizar o cheiro de
    Cuidados dos animais

    Pata de cachorro: veja como amenizar o cheiro de "chulé" do seu cãozinho

    Existem diferentes causas para o chulé em cachorro mas, seja qual for o motivo, o cheiro de “salgadinho” na pata de cachorro pode incomodar bastante quem vive com o pet. Muitos tutores não sabem o que fazer quando o cachorro tem chulé, mas a verdade é que o problema pode ser amenizado de maneiras mais simples do que você imagina. O Patas da Casa te explica como limpar pata de cachorro corretamente e dá dicas de produtos (como o hidratante para patas de cachorro) que vão ajudar - e muito - a acabar com o odor. Confira!

    Ver Todas >