Cuidados

10 dicas para tornar a casa mais segura para os seus gatos

Saber quais são as plantas seguras para gatos é um cuidado importante
Saber quais são as plantas seguras para gatos é um cuidado importante

Adotar um gatinho é um ato de amor, mas também uma grande responsabilidade. Além dos cuidados básicos que os felinos precisam - como ração de qualidade, caixa de areia, fonte de água e outras coisas -, é necessário também fazer algumas adaptações em casa para garantir que o ambiente seja seguro para o pet. Os gatos são curiosos por instinto, mas essa mesma característica pode acabar sendo prejudicial para eles se não houver uma forma de impedir que acidentes aconteçam. Pensando nisso, o Patas da Casa reuniu 10 dicas que devem ser seguidas para tornar a sua casa um lugar mais seguro para os felinos.

1) A rede de proteção para gatos é um dos acessórios mais importantes

Um acessório indispensável para garantir a segurança dos felinos é a tela de proteção para gatos. Todo mundo sabe que os bichanos amam viver nas alturas, e justamente por isso as janelas representam um perigo enorme para eles, que podem se sentir motivados a pular ou até mesmo fugir. O problema é que, além de possíveis fugas, as quedas de alturas acima do segundo andar podem causar graves ferimentos nestes animais. Por isso, redes de proteção para janelas, basculantes ou qualquer outro buraquinho que permita o acesso do gato às ruas são essenciais.

2) Escolha plantas seguras para gatos

Para os gateiros que amam encher a casa de plantinhas, é importante ficar atento também. Nem todas as espécies são consideradas plantas seguras para gatos, e algumas são até consideradas venenosas, podendo prejudicar seriamente o organismo do felino. A espada-de-são-jorge, comigo-ninguém-pode, violeta, lírio e a azaleia devem ser evitadas, porque causam intoxicação nesses animais. Já a babosa, camomila, alecrim e valeriana são plantas seguras para gatos.

3) Remédios e substâncias tóxicas para gatos devem ser guardados em locais seguros

Justamente pela curiosidade e instinto explorador bem aguçado, os gatos correm o risco de ingerir coisas que não fazem bem para a sua saúde. Os medicamentos de uso humano devem ser mantidos longe de qualquer animal de estimação. O mesmo vale para remédios que são indicados para pets, mas que precisam seguir os horários estipulados pelo veterinário. Além disso, substâncias tóxicas - como produtos de limpeza - devem ser guardadas em locais seguros para o gato não ter acesso.

4) Cuidado com os fios que ficam ao alcance do gato

Quem tem um gatinho já está cansado de saber que esses animais se divertem facilmente com qualquer tipo de fio - seja o carregador do celular, do fone de ouvido ou de algum eletrodoméstico. O cuidado deve ser redobrado com isso, pois deixar os fios expostos aumenta as chances de choque e machucados no animal, além do fato de que o gatinho pode acabar estragando o fio e, consequentemente, inutilizar sua função.

5) Guardar sacolas plásticas é necessário para evitar acidentes com o gato

O fascínio dos gatos pelas caixas de papelão é enorme, mas os bichanos também tem um outro alvo para essas brincadeiras: as sacolas plásticas. Da mesma forma que os gatos gostam de entrar dentro de uma caixa, eles também tentam entrar nas sacolas. A diferença é que elas são bem prejudiciais para os felinos. Em um simples brincadeira, o gato pode se enrolar na sacola e se asfixiar. Outra possibilidade é o gato engolir algum pedaço do material, o que causar engasgos. 

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A rede de proteção para gatos ajuda a manter o animal são e salvo de quedas e fugas
    A rede de proteção para gatos ajuda a manter o animal são e salvo de quedas e fugas

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    6) Não deixe o gato chegar perto do fogão

    É extremamente perigoso deixar o gato ter acesso ao fogão, porque ele pode se queimar brincando com os botões ou até mesmo encostando em uma panela muito quente. Uma técnica que pode ajudar a “adestrar” o bichano para ele não ficar perto do fogão é colar  fitas dupla face na região ao redor. Isso causa um grande incômodo no gato e ele entende rapidamente que não deve mais andar por ali.

    7) Cuidado com as cortinas perto do gato

    Cortinas muito longas acabam sendo um grande entretenimento para os felinos, ao mesmo tempo em que representam um grande perigo. Eles vão tentar arranhá-las ou até mesmo puxá-las, o que pode ocasionar acidentes. Claro que isso não quer dizer que você não deve ter cortinas em casa, mas talvez optar por persianas seja uma opção melhor e mais segura para o seu amigo.

    8) Mantenha objetos pequenos e frágeis longe do animal

    Como já foi dito, os gatos gostam bastante de mexer nas coisas para brincar. Mas quando é um objeto muito pequeno - como bijuterias, por exemplo - o bichano pode acabar engolindo e se engasgando. Além disso, objetos mais frágeis - principalmente os feitos de vidro - também são um problema, porque podem cair no chão e quebrar.

    9) Deixe a lavadora e a secadora sempre fechada

    Os gatos têm mania de se esconder nos lugares mais improváveis possíveis. Tanto é que muitos tutores às vezes se desesperam achando que o bichano sumiu, mas na verdade ele só estava escondido. A questão é que se o gato entrar dentro da máquina de lavar ou de secar, e o tutor for desatento, as chances de um acidente são altas. Para evitar que isso aconteça, é bom manter esses eletrodomésticos sempre bem fechados. 

    10) Cuidado com os alimentos proibidos para gatos

    O paladar dos felinos é naturalmente mais exigente devido à pequena quantidade de papilas gustativas, mas ainda assim eles podem querer se aventurar e experimentar novos tipos de comida. No entanto, alguns alimentos não são bem recepcionados pelo organismo do animal, que é muito diferente do nosso, e isso pode acabar resultando em um gato intoxicado. Por isso, é fundamental ficar atento aos alimentos que gatos podem comer.

    Redação: Juliana Melo

    8 produtos para gatos que não podem faltar em casa

    Próxima matéria

    8 produtos para gatos que não podem faltar em casa

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores
    Histórias reais

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

    Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. 

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!
    Comportamento

    Vai se mudar de casa? Veja algumas dicas para adaptar seu gato ao novo ambiente!

    Gatos são conhecidos pela independência e instinto territorialista, mas a verdade é que os felinos também são muito apegados aos seus pertences. Casa, brinquedos, caminha, móveis e humanos, tudo entra nessa lista. Se o seu gato costuma ter um lugar preferido para dormir ou ama ficar na janela observando o movimento da rua, saiba que qualquer mudança na rotina pode deixá-lo estressado, ansioso e até doente.

    Unha de gato: cortar em casa ou no petshop? Confira as dicas e saiba como cortar
    Cuidados

    Unha de gato: cortar em casa ou no petshop? Confira as dicas e saiba como cortar

     Todo gateiro possui pelo menos um móvel que já foi atacado pelas unhas do gato e algumas cicatrizes pelo corpo. Essas garrinhas foram muito importantes para a defesa deles na vida selvagem, além de ajudar a subir em árvores e outros locais para se proteger. Mas elas podem ser bastante incômodas para os tutores e causar arranhões e machucados. Uma boa maneira de evitar isso é cortando-as, mas é preciso fazer da maneira certa para não ferir o bichano. Para facilitar a sua convivência e evitar a destruição da sua mobília, vamos passar algumas dicas para fazer o corte em casa sem machucar seu gato.

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa
    Cuidados

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa

    Adotar um gatinho requer algumas adaptações em casa para criar um ambiente seguro e confortável para o animal, onde ele possa expressar seus comportamentos naturais e descansar sempre que quiser. Agora quando o bichano precisa de cuidados especiais, como é o caso do gato cego, a situação se torna mais delicada ainda. Será que é preciso tomar precauções extras para mantê-lo em segurança? Como ajudar o gatinho a viver melhor? Como proporcionar a ele um ambiente mais adaptado? Para te ajudar a deixar sua casa pronta para receber o seu novo amigo da melhor forma e em um ambiente seguro, confira 7 dicas e cuidados indispensáveis para lidar com um gato cego.

    Ver Todas >

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis
    Cuidados dos animais

    Quer ter um cachorro surfista? Saiba como iniciar, os cuidados que deve ter e acessórios indispensáveis

    Existem cachorros que amam nadar e brincar na água, então qualquer passeio em trilhas com cachoeiras, praias ou mesmo uma piscina vira uma grande festa. Mas você sabia que existe cachorro que surfa? Os esportes com cachorro são uma ótima forma de estreitar laços entre o tutor e o animal e o surf é uma modalidade que pode fazer muito bem ao animal. Sem falar que os cachorros surfistas chamam atenção pela fofura e habilidade na prancha.

    Saiba mais sobre a tosa trimming, o corte específico para a raça Golden Retriever
    Cuidados dos animais

    Saiba mais sobre a tosa trimming, o corte específico para a raça Golden Retriever

    A pelagem dourada do Golden Retriever é uma das coisas que mais chama a atenção da raça. Por outro lado, os pelos longos precisam de cuidados que vão desde a escolha do shampoo até as brincadeiras na água, isso porque a raça tem tendência a ter alergias de pele. Outro cuidado importante tem relação com o corte dos pelos: a tosa tradicional não é indicada para o Golden. 

    Hidratante para patas de cachorro: veja como cuidar do ressecamento nos coxins
    Cuidados dos animais

    Hidratante para patas de cachorro: veja como cuidar do ressecamento nos coxins

    A pata de cachorro ressecada é um problema muito comum na vida dos pais de pet e pode acontecer por diferentes motivos. Um deles é a falta de hidratação adequada na região, seja após os passeios ou por causa de uma exposição solar excessiva. Para contornar esse tipo de situação, existe o creme hidratante para patas de cachorro. Mas como esse produto funciona e qual a forma certa de aplicá-lo no corpo do seu amigo?

    Como funciona a caixa de areia com peneira?
    Cuidados dos animais

    Como funciona a caixa de areia com peneira?

    A caixa de areia para gatos é um acessório primordial na rotina dos felinos. Por instinto, os felinos precisam de um lugar específico para fazer xixi e cocô no dia a dia, e é por isso que antes de dar as boas vindas a um gatinho em sua casa, é necessário comprar esse objeto para servir como o banheiro do animal. Existem diferentes modelos disponíveis do acessório, e para escolher o ideal é bom entender qual atende melhor às necessidades gato e do tutor. 

    Ver Todas >