Histórias reais com cachorros

Vira-lata caramelo: veja histórias do cachorro que
Histórias reais

Vira-lata caramelo: veja histórias do cachorro que "representa mais o Brasil que samba e futebol"

Você, certamente, já viu um vira-lata caramelo por aí – afinal, não é preciso ir muito longe para dar de cara com esse doguinho pelas ruas. Não importa o tamanho ou a tonalidade: o cachorro caramelo é tão popular que a internet não perdeu tempo e até criou vários memes divertidos sobre esses bichinhos que “representam mais o Brasil que samba e futebol”. Para conhecer melhor essa linhagem toda especial, conversamos com três tutores apaixonados por seus bichinhos caramelos. Eles falaram da personalidade e rotina desse cão que já virou quase celebridade por aí. Vem conferir!

Meu cachorro teve cinomose, e agora? Conheça a história da Dory, uma sobrevivente da doença!
Histórias reais

Meu cachorro teve cinomose, e agora? Conheça a história da Dory, uma sobrevivente da doença!

A Dory da Lata é quase uma “influencer digital” e sempre aparece nas redes sociais tirando uma soneca deliciosa na sua poltrona favorita ou aprontando todas em casa. Quem não conhece a história e vê essa cachorrinha levando uma vida normal, nem imagina a barra que ela e seus tutores enfrentaram. A Dory é uma sobrevivente da cinomose! A doença foi descoberta quatro dias depois de ter sido adotada pelo Pedro Drable e pela Laís Bittencourt, quando ainda era filhote, em um hemograma de rotina. Mesmo com o tratamento imediato, a Dory passou por todas as fases da doença - sintomas gástricos, pulmonares e neurológicos - e ficou com algumas sequelas. Da ninhada dela, dois outros filhotinhos não sobreviveram.

Meu cachorro morreu: dicas para lidar com a morte do melhor amigo
Histórias reais

Meu cachorro morreu: dicas para lidar com a morte do melhor amigo

Essa é uma matéria que gostaríamos que ninguém precisasse ler. Não gostaríamos nem de ter escrito. Mas, já que é necessário, vamos fazer com que você termine de ler e se sinta abraçado. Sabemos o quanto você amou cada dia com ele e hoje consegue amar até mesmo o dia que ele mordeu o seu sapato preferido ou roubou o seu último pedaço de pizza enquanto você se distraiu. Sabemos também que era o melhor cachorro do mundo e que dormir com ele na cama era o que recarregava a sua energia depois de um dia cansativo. Podemos imaginar a festinha que ele fazia sempre que você chegava do trabalho e como ele te olhava como quem olha a sua pessoa preferida no mundo.  Para ajudar nesse momento, convidamos três “mães de pet” para contar como foi esse momento e o que fizeram para superar.