close
Alimentação animal

Cuidado com a ceia: saiba o que seu cachorro pode e não pode comer da mesa de Natal
Alimentação animal

Cuidado com a ceia: saiba o que seu cachorro pode e não pode comer da mesa de Natal

A ceia de natal é um momento de união e celebração entre toda a família, incluindo os pets da casa. Se você tem um peludo, com certeza já se questionou como tornar esse momento mais agradável para ele também. Afinal, são muitas delícias à disposição que podem deixá-lo louco para tentar roubar um pedacinho ou outro. Mas você sabe o que cachorro pode comer na ceia de natal? Muitos alimentos e preparos dessa época podem ser bem prejudiciais para os animais, podendo causar intoxicação e, em alguns casos, até matar o seu animal. Nesse caso, o cuidado precisa ser redobrado. Para te ajudar, listamos as coisas que o que cachorro não pode comer e o que está liberado durante a ceia de natal. Chega mais!

Ração para gatos castrados: quais as diferenças em relação às comuns e como escolher
Alimentação animal

Ração para gatos castrados: quais as diferenças em relação às comuns e como escolher

A cirurgia de castração é um procedimento que, mesmo restrito a uma área do corpo do animal, tem desdobramentos em outras delas. Uma das provas disso é que, muitas vezes, o gato castrado ganha peso nos meses depois da operação e a recomendação dos veterinários é que, nesse período, o alimento que era normalmente oferecido a ele seja substituído por uma ração para gatos castrados. Para explicar a diferença entre esses dois tipos de comida para os felinos e explicar por que essa mudança é tão importante, nós conversamos com a veterinária especialista em gatos do Grupo Vet Popular, Dra. Luciana Capirazzo.

Qual a altura ideal do comedouro e bebedouro para gatos?
Alimentação animal

Qual a altura ideal do comedouro e bebedouro para gatos?

Os gatos são animais bem exigentes quando o assunto é alimentação e esse comportamento não pode ser ignorado ou interpretado como frescura. Além de muito higiênicos, você pode reparar que a maioria dos felinos reclama quando você não repõem a comida ou se a água do bebedouro para gatos está ali por muito tempo. Eles não são seletivos à toa: água parada e ração “velha”, na verdade, não são o ideal para nenhum animal de estimação. Mas, além disso, você precisa estar atento a outros detalhes na hora da refeição do bichano: o pote de água e o comedouro para gatos, por exemplo, precisam ter o tamanho, diâmetro e altura determinada para não gerar problemas à saúde ao seu melhor amigo.

O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
Alimentação animal

O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

Vitamina para cachorro: veterinária explica em quais situações os suplementos são recomendados!
Alimentação animal

Vitamina para cachorro: veterinária explica em quais situações os suplementos são recomendados!

Quando falamos da alimentação dos nossos peludos, sempre surge aquela preocupação em relação aos nutrientes. A ração é suficiente para que se mantenham fortes e saudáveis ou é necessário inserir uma vitamina para cachorro nessa rotina? A verdade é que depende de muitos fatores e um deles é o estado geral da saúde e a idade do animal. A escolha de uma ração de qualidade é determinante para oferecer todos os nutrientes que ele precisa. Cães filhotes, idosos e cadelas prenhas, por outro lado, podem acabar precisando de um suplemento vitamínico. Para entender melhor em quais situações a vitamina para cachorro é recomendada, conversamos com a Caroline Mouco Moretti, médica veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular. Veja o que a especialista falou!

Petiscos para gatos: como inserir na rotina e quantos devo dar por dia
Alimentação animal

Petiscos para gatos: como inserir na rotina e quantos devo dar por dia

Quem cria um felino em casa sabe bem que as dúvidas sobre o que o gato pode comer ou não além da ração no dia a dia são comuns. O leite, por exemplo, é um dos alimentos de “humanos” que mais faz sucesso com os gatinhos — pelo menos enquanto eles ainda são filhotes. O que muita gente não sabe é que, assim como os cachorros, os gatos também podem ficar bem felizes com petiscos oferecidos entre as refeições. Para descobrir os melhores momentos e como fazer esse agrado para o seu gatinho, dá uma conferida aqui embaixo!

Ração úmida ou seca para cachorros: qual é a melhor?
Alimentação animal

Ração úmida ou seca para cachorros: qual é a melhor?

A ração é uma das principais preocupações de quem tem um grande amigo em casa. Quando o assunto é alimentação, várias dúvidas surgem: o que ele pode comer, qual é melhor, que tipo de ração é adequada para o seu pet. As versões seca e úmida são os tipos de alimento oferecidos, e com a diversidade de produtos disponíveis no mercado, fica até difícil escolher o que se adequa mais ao seu bichinho. Se esse é o seu caso e você não consegue decidir qual comida é melhor para o seu cachorro, tire todas as suas dúvidas aqui e descubra como alimentá-lo melhor.

Petiscos: qual a quantidade ideal para oferecer ao meu cachorro?
Alimentação animal

Petiscos: qual a quantidade ideal para oferecer ao meu cachorro?

Cães têm diferentes raças, tamanhos e temperamentos, mas uma coisa em comum entre a maioria é o amor por petiscos. Não dá para negar: toda vez que você mexe em um pacote na cozinha, imediatamente aparece um cachorro feliz do seu lado esperando um agrado. Naturais, em diferentes formatos ou caseiros, há várias opções de petiscos e biscoitos para cachorros e eles podem ser aliados bem interessantes na rotina com o seu bichinho.

Vitamina para cachorro idoso: é necessário?
Alimentação animal

Vitamina para cachorro idoso: é necessário?

Depois da fase de filhotes, a terceira idade é um dos períodos mais delicados no que se trata da saúde de um cachorro. Assim como acontece com os humanos, é comum que eles fiquem com o organismo naturalmente mais debilitado e que, por isso, não consigam mais manter o mesmo ritmo da juventude.